ongrace.com

> Carta Viva

22/05/2012 - Não descarte a sua fé

Fé, um dos assuntos mais mal entendidos entre o povo. Até mesmos pregadores não sabem o que é fé. Uma vez estava reunido com alguns pastores e pedi que me definissem fé. Eles simplesmente emudeceram. Como insisti na pergunta, um deles se aventurou dizendo assim: “Fé é quando a gente crê muito”, o que não é verdade. Os dicionários não conseguem explicar o que é fé. Para os eruditos, é sinônimo de crença, por exemplo: fé batista, fé católica etc.

Só existem duas explicações para fé. Elas estão escritas em Hebreus 11.1 em que se lê: Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem.

Temos aí, então, o significado de fé. Primeiro, ela é uma certeza, um firme fundamento que vem ao nosso coração quando ouvimos a Palavra de Deus. Segundo ela é a prova (o documento) daquilo que não se vê. A pessoa que recebe a fé tem uma certeza de aquilo que Deus prometeu já lhe pertence e, ao mesmo tempo, essa certeza lhe dá condições de confessar que já tem a bênção, pois ela é a prova – o documento de propriedade da bênção.

Não se adquire fé orando, nem se transmite de pessoa a pessoa. Diz a Bíblia que ela vem ao nosso espírito quando ouvimos a Palavra de Deus: De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus (Rm 10.17)

A importância da fé – Ela é de fundamental importância. Sem ela, ninguém conseguirá nenhuma bênção. É como um caminho que abrimos para que o Senhor Deus venha operar em nossa vida: Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que buscam (Hb 11.6)

A fé é a sua sorte, a sua vida. Nunca, em hipótese alguma, a descarte. Quando alguém pregar a Palavra, ou você ler a Bíblia, fique bem atento, pois é nessa hora que o Senhor fala ao coração. Aquilo que Deus lhe mostra por meio da Palavra a revelação que faz com que você se sinta poderoso, a certeza de que certa benção é sua, tudo isso você precisa para tomar posse, e ser bem sucedido. Sem essa certeza, não adianta entrar na batalha, achando que vai vencer e que, de algum modo, Deus vai ajudá-lo. Mas, se tiver em seu coração, já pode confessar a vitória.

O exemplo de Abraão – Muito jovem o Senhor o chamou para sair da sua terra e ir para outra que Ele mostraria: Ora, o Senhor disse a Abrão: Sai-te da tua terra, e da tua parentela, e da casa de teu pai, para a terra que eu te mostrarei. E far-te-ei uma grande nação, e abençoar-te-ei, e engrandecerei o teu nome, e tu serás uma benção. (Gn 12.1,2) Confiando no Senhor, ele partiu, com sua jovem e bonita mulher, e peregrinou em Canaã como se fosse terra estranha. Mas ele tinha um problema: a sua mulher era estéril. No entanto, o Senhor havia dito que faria dele uma grande nação.

Os anos foram se passando e Deus não havia ainda curado a sua esposa. Certa vez, em um reino, houve um incidente: Abraão quase perdeu Sara. Com a intervenção do Senhor, ela foi-lhe restituída e o rei daquele povo contou-lhe que todas as mulheres do seu reino eram estéreis. Abraão rogou ao Senhor por aquele povo e Deus, então, curou todas as mulheres, mas a sua continuava estéril. Com a atitude de um verdadeiro servo de Deus, ele não resmungou nem murmurou; continuou crendo em Deus.

O tempo passava e nada da promessa ser cumprida. Ele estava com 86 anos e Sara com 76. Humanamente falando, era impossível serem pais. Sara teve uma fraqueza e pediu a Abraão que tivesse um filho com Hagar, sua serva, (hoje conhecida como mãe de aluguel). Sara prometeu-lhe que aceitaria o filho de Hagar como se fosse dela. Abraão cedeu e, então, nasceu Ismael, que lhe deu muito orgulho. Mas o Senhor disse-lhe que aquele não seria o herdeiro da promessa, e sim o que dele e de Sara haveria de nascer.

Abraão estava com 99 anos e Sara com 89. Do ponto de vista humano, era completamente inviável que lhes nascesse um filho. O Senhor visitou de novo Abraão e disse-lhe: Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, aparecera o Senhor a Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença e sê perfeito (Gn 17.1). Em outras palavras, o Senhor disse: “Eu não tenho problemas. Se ainda não cumpri a promessa é por sua causa. Eu sou o Deus Todo-poderoso – Aquele que tudo pode. Acerte-se na vida. Anda em minha presença e sê perfeito e Eu farei a obra”.

Abraão creu naquelas Palavras e foi tomado por uma alegria indescritível: Então, caiu Abraão sobre o seu rosto, e riu-se, e disse no seu coração: A um homem de cem anos há de nascer um filho? E conceberá Sara na idade de noventa anos? (Gn 17.17). E o Senhor Deus cumpriu a promessa.

O que permitiu a Deus cumprir a promessa? Foi a atitude de Abraão. Ele assumiu o que o Senhor havia lhe dito e não permitiu que o diabo anulasse a fé que havia no coração dele. E não enfraqueceu na fé, nem atentou para o seu próprio corpo já amortecido (pois era já de quase cem anos), nem tampouco para o amortecimento do ventre de Sara. E não duvidou da promessa de Deus por incredulidade, mas foi fortificado na fé, dando glória a Deus; e estando certíssimo de que ele tinha prometido também era poderoso para fazer (Rm 4.19-21)

Examinando a atitude de Abraão, vemos que há muito a fazer, desde o momento em que recebemos a fé até quando milagre ocorre:
1°- Ele não enfraqueceu na fé.
2º- Não atentou para o seu próprio corpo já amortecido, nem para o amortecimento do ventre de Sara.
3°- Não duvidou da promessa de Deus.
4º- Foi fortificado na fé, dando glória a Deus.
5º- Estava certíssimo de que o Senhor era poderoso para fazer o que prometera.
Em outras palavras: ele não descartou a fé. Ele se estabeleceu nela e pôde, dessa maneira, permitir ao Senhor Deus que cumprisse na vida dele o que havia anunciado.

A sua participação é importante – Nunca descarte a fé que vem ao seu coração quando você ouve a Palavra de Deus. Ela é como um ministério e sempre será um desafio. Ela é parte dEle na sua vida. Com fé, você vencerá. Ela é, em suma o que Deus fará por você e o que você faça. No dia do julgamento, você vai prestar contas da fé que o Senhor colocou no seu coração.

> Missionário Responde

óla missionario,a paz do SENHOR,gostaria de saber do senhor,uma coisa que fico muito na duvida,na biblia diz que JESUS batisava nas águas,mais pessoas que seus discipulos,é...

Há algum engano aqui, pois a Bíblia diz textualmente: “E, quando o Senhor veio a saber que os fariseus tinham ouvido que Jesus fazia e batizava mais discípulos do que...

»VEJA MAIS

> Pedido de oração

Pedido de oração

Produtos que abençoam vidas!

Busca de produtos
Ongrace.com • O site do povo de Deus.