ongrace.com

> Carta Viva

22/05/2012 - O louvor que Deus aceita

“Quando, pois, tiveres comido e fores farto, louvarás ao SENHOR, teu Deus, pela boa terra que teu deu” (Dt 8.10).

O NOSSO CONCEITO SOBRE O LOUVOR PRECISA MUDAR
Por faltar entendimento do que significa louvar a Deus e por causa da herança pagã que ainda permanece na maioria das pessoas, fazendo do culto uma forma de aplacar e manipular a divindade, o louvor a Deus tem sido ensinado como um meio de adquirir bênçãos ou suportar resignadamente aquilo que erroneamente chamam de “vontade de Deus para a nossa vida”. Querem fazer do louvor a Deus o que ele não é. O caminho para receber-se qualquer bênção é a fé, e a vontade de Deus para a nossa vida é o que está escrito em Sua Palavra.

O POVO É ENSINADO A LOUVAR, QUANDO DEVERIA SER ENSINADO A DETERMINAR.
Observando a maneira pela qual o Senhor Jesus abençoava as pessoas, vemos que Ele jamais insinuou que, para elas receberem as bênçãos, precisariam louvar a Deus. Ele só “cobrou” o louvor a delas após tê-las abençoado, como se viu no caso dos dez leprosos, em que um só voltou para dar graças a Deus.

O PORQUÊ DOS FRACASSOS
O Senhor Jesus ensinou que a razão de as pessoas fracassarem na tentativa de receberem as bênçãos estava na falta de conhecimento: Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus (Mt 22.29). Portanto, quem não conhece os seus direitos em Cristo e não sabe usar o poder que o nosso Pai nos dá, fracassa.

O SEGREDO DO SUCESSO NA VIDA ESPIRITUAL
O segredo para receber-se de Deus qualquer bênção é determinar – exigir em o Nome do Senhor Jesus – que se faça o que, pela Palavra do nosso Deus, aprendemos ser nosso por direito: E tudo quanto pedirdes em meu nome, eu o farei, para que o pai seja glorificado no Filho (Jô 14.13). O verbo grego traduzido por pedir também se traduz por determinar, exigir. Quando o nosso Deus revela que certa bênção é nossa, Ele está, em outras palavras, no-la entregando; aí, basta determinar, crendo, e então teremos a materialização daquela bênção.

OS HOMENS VÃO LOUVAR A DEUS
Até mesmo as pessoas que não participam da obra de Deus poderão ter os seus louvores aprovados e recebidos pelo Senhor, se nos virem assumir a nossa posição no mundo espiritual, realizando as obras para as quais Ele nos comissionou: Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus (Mt 5.16). Temos de fazer brilhar a nossa luz, isto é, usar as habilidades que nos são reveladas. As bênçãos que recebemos do Senhor, além de nos fazerem viver bem, abrirão o caminho para muitas pessoas se chegarem a Deus, reconhecendo-O como Pai. Pregar, exibindo a vida abundante que o Senhor Jesus veio nos trazer, é bem melhor do que ficar como tagarelas, afirmando coisas que não conhecemos, ou contando histórias religiosas.

FAZER A OBRA DE DEUS É COMER ATÉ SE FARTAR
Fazer a obra de Deus não significa viver com o rosto amarrotado, passando necessidade, enquanto oramos e jejuamos, pensando que estamos fazendo o que mais Lhe agrada. O contrário é verdade!

Ele quer que você desfrute de tudo que Ele tem para os Seus filhos. Usando a linguagem bíblica: Ele quer que você coma – usufrua todas as bênçãos que venha desejar ou precisar. Ele não para por aí, pois quer que você fique farto. Exemplificando: uma pessoa está com o braço paralisado, pesado, cheio de dores. Ela aprende a tomar posse da bênção, ora, determina e fica curada da dor e do peso que sentia no braço, só que o mesmo ainda está paralisado. Ela, contudo, dá-se por satisfeita, já que desapareceram a dor e o peso que a incomodavam. Quanto ao braço estar paralisado, ela não se incomoda, pois sequer o sente.

Isso está certo? Claro que não! Ele, o nosso maravilhoso Pai, quer que nós comamos até nos fartamos. Ele quer que recebamos a cura completa. A pessoa desse exemplo não se deve dar por saciada até que todo mal seja expulso de seu braço. Isto fazia parte da herança dos filhos de Abraão que estavam entrando na terra da promessa. Isto também faz parte da nossa herança: para que a bênção de Abraão chegasse aos gentios por Jesus Cristo e para que, pela fé, nós recebamos a promessa do Espírito (Gl 3.14)

ELE SABE DAR BOAS COISAS AOS SEUS FILHOS
Eu não sei onde algumas pessoas aprenderam que o Pai deseja que nós, Seus filhos, vivamos com dificuldades, pois se a própria Palavra diz: Se, vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? (Mt 7.11). Será que Ele perdeu a capacidade de dar boas coisas a Seus filhos, ou nós perdemos o bom senso, deixando escapar os benefícios que Ele nos concedeu na plena salvação realizada pelo nosso Salvador bendito? É evidente que a segunda opção é a certa.

ELE NOS CUMULA DE BÊNÇÃOS
Bendito seja o Senhor, que de dia em dia nos cumula de benefícios; o Deus que é a nossa salvação (Sl 68.19). Estas palavras foram pronunciadas por algum irresponsável, ou são oriundas do coração do nosso Pai, sendo-nos transmitidas pelo maravilhoso Espírito Santo? Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação; porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspiração pelo Espírito Santo (2 Pe 1.20,21). Se o Espírito do nosso Deus nos orienta a crer que podemos viver aqui neste mundo de sofrimentos livres de qualquer de qualquer embaraço, vencendo toda provação, é melhor então assumirmos, de uma vez por todas, a nossa posição em Cristo, pois haveremos de prestar contas do que fizermos com essas maravilhas revelações: Mas o que a não soube e fez coisas dignas de açoites com poucos açoites será castigado. E a qualquer que muito se lhe pedirá, e ao que muito se lhe confiou, muito mais se lhe pedirá (Lc 12.48).

RESULTADO
Quase não se vê quem louve Deus pela plena salvação que Ele nos deu. O que se vê são pessoas fanáticas que vivem dando glórias e aleluias enquanto vivem cheias de sofrimentos e pecados. É isso o que o nosso Pai deseja para os Seus filhos? Claro que não! Ele afirma em Sua Palavra que se nós quisermos, haveremos de comer o bem desta terra: Se quiserdes, e ouvirdes, comereis o bem desta terra (Is 1.19). E, então após termos comido e nos fartado, louva-Lo-emos. Este é o louvor que o Senhor quer e aceita.

> Missionário Responde

Missionário, gostaria de saber: O que significa "claramente" G-12? Já li TODAS as respostas sobre isso e também em Igreja em Células. Mas, as respostas são muito vagas e...

Como não adotamos esse modelo de evangelização e discipulado, chamado G-12, nossa informação a respeito é a que você viu nas respostas. A base é estabelecer céluas com...

»VEJA MAIS

> Pedido de oração

Pedido de oração

Produtos que abençoam vidas!

Busca de produtos
Ongrace.com • O site do povo de Deus.