ongrace.com

> Mensagem de Hoje

25/04/2013 - A CEGUEIRA DO PECADO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E os correios foram passando de cidade em cidade, pela terra de Efraim e Manassés até Zebulom; porém riram-se e zombaram deles. 2 Crônicas 30.10


A pior coisa que pode acontecer a alguém que conhece o Senhor é perder o amor por Ele. Aquele a quem isso sucede embrenha-se cada vez mais no reino das trevas, e, a partir desse erro, os sofrimentos passam a ser uma constante em sua vida. Há quem já esteja tão tomado pelo maligno que não sente mais desejo de voltar para o Pai, apesar de estar provando o quanto o diabo é mau. O que está afastado do Altíssimo não percebe que é o responsável pela própria penúria.

Pelo fato de se distanciar do Senhor, a visão espiritual dessa pessoa acaba e, se não houver arrependimento, o fim dela será terrível. Quando o rei Jeroboão dividiu o reino de Israel, levando dez tribos a formarem o reino do Norte, que ficou com o nome de Israel (1 Rs 11), ele era a esperança de milhares que não suportavam o fardo pesado do rei Roboão. Mas o que se viu a seguir foi o pior que lhes poderia ter acontecido – eles se deram à feitiçaria.

Já com o reino de Judá sucedeu o contrário. Apesar de ter havido uns reis imprudentes em Judá, a maioria foi temente a Deus. Ezequias, por exemplo, filho de Acaz, que foi perverso nos dias do reinado de seu pai, viu o reino do Norte ser invadido pelos assírios e os cabeças do povo serem levados em cativeiro, de onde nunca mais voltaram. Ao assumir o reinado de Judá, logo tratou de trazer seu povo ao Senhor (2 Cr 29.1-11).

Com isso, o reino de Ezequias  o qual contava com a ajuda de Isaías, um profeta muito usado pelo Senhor  foi estabelecido. Alguns anos mais tarde, quando Senaqueribe quis invadir seu território, Ezequias provou ser homem de Deus, resistindo à invasão do inimigo. O resultado da ousadia do rei assírio foi desastroso para este intruso, pois voltou à sua terra depois de ter visto um anjo de Deus matar 185 mil dos seus soldados em uma noite (2 Rs 19.35).

Em seus dias de apogeu, o rei Ezequias foi mais prudente do que seus antecessores, pois buscou o Altíssimo. Com tudo dando certo, ele decidiu comemorar a Páscoa em Jerusalém e sentiu que deveria convidar de Israel as pessoas que não haviam sido levadas cativas pelos assírios. Assim, o rei mandou que os correios fossem de cidade em cidade chamá-las para se juntarem a ele nessa comemoração. Já não havia temor de Deus em muitos deles, pois riram e zombaram daqueles que lhes davam o convite (2 Cr 30).

Hoje, muitos “doutores e sábios” da nossa geração têm esse mesmo desprezo ao ouvirem a respeito da salvação em Jesus. Diante disso, por acharem que não precisam do Todo-Poderoso, sofrerão amargamente no lago de fogo ardente por toda a eternidade. No entanto, mesmo sabendo disso, não deixe de falar do amor de Deus, pois alguns darão ouvidos a essa mensagem.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário existe pessoas em meu ambiente de trabalho que de tanta inveja tentm me derrubar estragar com tudo que construi. Isso acaba me afetando e são tantas fofocas...

Esse tipo de problema é de fato muito sério, pois acaba minando o prazer de trabalhar. O melhor remédio para enfrentar esse tipo de oposição surda é a oração. O Senhor...

»VEJA MAIS