ongrace.com

> Mensagem de Hoje

04/02/2014 - ANDE NA SUA SINCERIDADE

  • Envie por Email
  • Imprimir
Mas eu ando na minha sinceridade; livra-me e tem piedade de mim. Salmo 26.11


Se não cumprirmos o plano que o Senhor revelou para a nossa vida, andaremos sozinhos e, assim, poderemos errar o caminho. Quem pensa que pode seguir a própria vontade e, com um pedido de perdão, ter o poder divino operando em seu favor deve se cuidar. A pessoa que pecar deliberadamente verá que é mais difícil restaurar a comunhão quebrada (2 Pe 2.20-22). Deus não é mau, mas também não é bobo. Tenha cuidado com o inimigo!

O melhor é ser sincero sempre (Sl 18.25). Então, se você tem consciência de que está distanciando-se do Altíssimo e deixando o destruidor encontrar brechas no seu caráter, não tente se passar por inocente. Deus olha os motivos do coração e não aquilo que uma boca má diz (Mt 15.8). Ele sabe o que há dentro do homem, e, quando existe maldade, essa pessoa está em maus lençóis. Porém, os sinceros serão ajudados na hora da provação.

O Senhor é Escudo para quem anda na sinceridade (Pv 2.7). O pecado e o motivo que levou alguém a proceder de modo errado sempre estarão descobertos perante Ele. Se a pessoa confessa sua falha e pede perdão, Deus lhe perdoa e a ajuda, para que não mais transgrida nem se coloque debaixo do jugo de Satanás (Pv 28.13). Entretanto, os insinceros ou mentirosos haverão de pagar a pena que seu erro traz.

Tempos depois de Davi ter escrito isso, o Altíssimo apareceu a Salomão, depois que este edificou a Casa de Deus, a casa do rei e tudo o que havia desejado fazer, e lhe disse que, se andasse perante Ele como o seu pai andou, com integridade de coração e sinceridade para cumprir tudo o que lhe fora mandado, o seu trono seria confirmado para sempre (1 Rs 3.5-14). O próprio Senhor deu testemunho da sinceridade de Davi.

Após Davi ter dito que era sincero, pediu a Deus que o livrasse. O Senhor sabe que não somos perfeitos e erramos em muitas decisões; porém, se formos sinceros e não tentarmos ocultar nada dEle, ao clamar que Ele nos livre, seremos atendidos. Ora, isso é tudo o que Ele precisa para nos desvencilhar das tentações, as quais nos levarão a perverter o nosso caminho. Deus sempre atende aos limpos de coração (Sl 73.1).

Por fim, o rei rogou que Deus tivesse piedade dele. Esse é um pedido de quem sabe que, aparentemente, apesar de não ter saído da presença divina, não pode avançar a não ser que o Senhor se apiede dele. Na verdade, a tentação é como uma tormenta que, após passar, sempre deixa algum traço de destruição. Assim como temos de limpar as ruas, remover árvores e galhos caídos, precisamos da ajuda divina para nos limpar completamente.

Ao ter piedade de nós, o Senhor abre os Seus braços e nos recebe de novo em Sua comunhão. Com isso, o nosso coração volta a ter alegria e a procurar a presença do Pai. A sinceridade encaminha as pessoas que a possuem, mas a perversidade dos desleais os desencaminha (Pv 11.3). Os sinceros provam que amam o Altíssimo, e o contrário também é verdade.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Altíssimo e fiel Deus! Que o nosso coração sempre seja sincero em todos os momentos. O melhor é que nunca venhamos a cair nas tentações, mas, ainda que não tenhamos atendido aos reclames da tormenta, algum ensinamento será tirado após a sua passagem.

Tu mesmo falaste a Salomão a respeito da sinceridade do pai dele e lhe disseste que, se andasse diante de Ti com o coração sincero, o seu reino seria confirmado para sempre. Desse modo, os filhos dele dariam continuidade ao reino, como dissera a Davi.

Infelizmente, Salomão deixou que o seu coração se pervertesse no final da sua vida e, por esse motivo, só parte da promessa foi cumprida. Que isso não aconteça conosco! Que sejamos exemplos de sinceridade não só para os nossos, como também para os de fora.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração