ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/07/2019 - APROVAÇÃO DO NOSSO TRABALHO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E eram por ele batizados no rio Jordão, confessando os seus pecados.  Mateus 3.6


Para fazer a obra de Deus, a pessoa precisa crer que o Senhor a perdoou e salvou, bem como ser chamada pelo Senhor e dirigida pelo Santo Espírito na Palavra. Percebendo os resultados da sua missão, ela se alegra ao ver a mudança de vida dos perdidos e o testemunho das bênçãos recebidas. Quem continuar a seguir o Mestre, no último Dia, estará ao lado direito dEle, entre as Suas ovelhas, e viverá no Reino dos Céus para sempre.

Ninguém pode trabalhar na seara do Senhor simulando ser salvo, tendo aprendido e decorado o jeito de falar e proceder dos salvos. Ora, aquele que se passar por santo verá a sua hora chegar. Então, não conseguirá mais mentir e pagará caro por ter brincado com Deus. O Todo-Poderoso está no comando da Sua Igreja e capacita todos quantos realizarão a Sua vontade. Esses serão os benditos de Deus para sempre.

As fases da salvação e da santificação devem ser percorridas até a maturidade na fé (Ef 4.11-16; 5.15-21). A primeira é ouvir a Palavra e crer nela; depois, arrepender-se dos pecados; e, então, passar pelas águas, recebendo o Espírito Santo. A confirmação da salvação vem ao coração daquele que é cheio do Espírito Santo, pois o Consolador batiza o convertido com o Seu poder. Depois dessa experiência, o cristão é provado nas obras que lhe são ordenadas e nas provações pelas quais passa. Cada um será salgado com fogo (Mc 9.49).

Acreditar na conversão de quem profere palavras chulas, vive caindo em pecados e engana os outros é um erro. Nem o balido das ovelhas, nem a sua maneira de agir são iguais aos dos bodes. Mesmo que essa pessoa não mostre frutos dignos de arrependimento (Lc 3.8), jamais a expulse do grupo ou lhe confie qualquer tarefa. Interceda por ela. Muitos custam a aprender a andar com Deus, por isso devem ser advertidos e ensinados.

Não se apresse em colocar alguém despreparado na direção de um ministério, ainda que não haja mais ninguém para isso. Quem não conhece o bom Pastor nem é conhecido por Ele será maldição na congregação do Senhor. Além disso, carisma pessoal e habilidade de falar ou liderar não demonstram que alguém esteja preparado para conduzir o rebanho do Altíssimo. Pelos frutos conhecemos a árvore (Mt 7.16).

A nossa obra tem de ser confirmada por Deus. Perceba: além de irem ao deserto, a fim de ouvir o recado do Senhor dado por João Batista, as pessoas se dirigiam ao rio Jordão para serem batizadas. Os “convertidos” apenas desciam às águas após confessarem seus pecados – algo requerido do candidato ao batismo naquela época. Devemos fazer isso hoje? Não! Afinal, não há qualquer registro de que Cristo tenha exigido tal atitude de Seus batizandos. 

É de extrema importância ensinar o significado do batismo e, então, certificar-se de que cada pessoa esteja decidida a seguir o Senhor de fato, sem expô-la a constrangimentos. Em toda situação, precisamos nos fundamentar nos ensinamentos que Jesus deixou aos apóstolos e à Sua Igreja.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus que confirma a nossa palavra, precisamos provar a nós mesmos se fomos salvos, pois não podemos pregar a Tua Palavra se não pertencemos a Ti. Jamais nos deixes ser enganados nem enganar ninguém. Ensina-nos a Te amar!

Queremos dar os resultados esperados por Ti, pois somos chamados para Te representar e cumprir a Tua agradável, boa e perfeita vontade. Não podemos falar nem fazer o que achamos bom. Que produzamos frutos dignos de Ti!

O importante é ver, no último Dia, as pessoas de pé ao Teu lado direito. Não queremos ver ninguém do Teu lado esquerdo por nossa culpa. Leva-nos a agir certo! Quando qualquer tentação se acercar de nós, livra-nos conforme tens prometido na Palavra!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Graça e Paz querido Missionário R.R.Soares!Gostaria de uma orientação dentre tantas outras que já li e que me fazem a cada dia crescer em conhecimento e em temor ao nosso...

A situação descrita pela irmã aponta para a possibilidade de seu ex-marido nunca ter se convertido. Nesse caso, as instruções bíblicas de 1Coríntos 7.15-16 é que devem...

»VEJA MAIS