ongrace.com

> Mensagem de Hoje

14/07/2013 - ATENTE PARA ISSO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Não temas o pavor repentino, nem a assolação dos ímpios quando vier. Porque o SENHOR será a tua esperança e guardará os teus pés de serem presos. Provérbios 3.25,26


Deus não pode guardar quem não guarda Sua Palavra. Essa advertência, que é a base deste estudo, não foi dada para ser descartada. Os que forem sábios devem pegar o que o Senhor lhes fala e ficar alerta para que, quando o inimigo lhes trouxer alguma questão que, repentinamente, amedronte-os, possam ficar firmes e inabaláveis. Não há coisa que mais agrade a Deus do que ver Seus filhos guardando Sua Palavra.

Se o doutor maneia a cabeça negativamente, dizendo que o seu caso é sério, ele pode estar falando a verdade. No entanto, você tem de andar pela fé em Jesus, e não por vista (2 Co 5.7) – por aquilo que aparece em um exame, por exemplo. Então, o mais certo a fazer é pegar tal diagnóstico e entrar na presença divina, crendo no que diz a Palavra, e, então, em oração firme em o Nome de Jesus, condenar tal ação maligna.

O diabo sabe pintar o quadro de modo muito sombrio, como se não houvesse escape para os filhos de Deus; com isso, como muitos acabam crendo no inimigo, desprezando o que o Senhor declara nas Escrituras, ele conseguirá fazer com que sua mentira se materialize e se mostre real na vida do servo do Altíssimo. Seja forte diante de qualquer notícia ruim, pois você tem a Palavra, a qual é eterna e imutável, e nela o Onipotente garante que guardará os seus pés de serem presos.

Sem dúvida, muito sofrimento tem sido experimentado pelo povo de Deus por causa de reações desastrosas diante de uma má notícia. Assim como o Evangelho – a Boa Notícia do Reino dos Céus – faz bem, a má notícia do Inferno causa um mal muito grande. Se você não se cuidar, crerá na falsa informação do inimigo, que lhe causará grande prejuízo. Lembre-se de que os seus pés serão guardados de serem presos.

O pavor pode ser repentino, mas para quem, de fato, está firmado nas promessas ele não representa nada. Ainda que tudo ateste que o seu caso é muito sério, se você se firmar no que diz o Senhor, determinando a reversão do quadro, e confiar no fato de que isso está sendo feito, impedindo que a dúvida assalte o seu coração e confessando, a cada sintoma, o que Deus diz, tudo aquilo que você disser ocorrerá (Mc 11.23).

A assolação dos ímpios é como uma tempestade violentíssima. Mas, para quem está bem abrigado, ela causa seus transtornos, porém não o toca. Abrigue-se em Deus, que é sua Fortaleza; assim, você não sofrerá prejuízo algum (Sl 46). Depois da tempestade, o céu sempre se mostrará muito lindo. Portanto, seja firme e forte, e esteja alerta para não deixar o demônio dirigir você; dessa maneira, o Senhor confirmará o que tem dito a seu respeito.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus maravilhoso e protetor! Obrigado pelo conselho de hoje, pois não podemos temer o pavor repentino. Mas, Senhor, é preciso confessar que, muitas vezes, temos agido dessa maneira. Uma dor que seja já nos tem tirado da Tua presença e nos lançado nas mãos do inimigo.

A assolação dos ímpios, a pior maldade que eles podem cometer contra nós, também não deve ser temida. A verdade é que temos a Ti como o nosso Deus e, por isso, não há o que temer. Tu nos circundas com o Teu maravilhoso poder, logo nada nos pode tocar.

A reação desastrosa diante de uma investida maligna tem feito muita gente deixar-se levar pelas mentiras do diabo e sofrer as consequências disso. Que a nossa reação seja sempre firme sobre o que tens prometido fazer, Senhor! A nossa vitória é certa por causa da Tua Palavra.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

MISSIONARIO, TENHO UMA VIDA SENTIMENTAL E FINANCEIRA FRACASSADA, MEU MARIDO ME AMAVA ANTES DO CASAMENTO, MAS DEPOIS QUE NOS CASAMOS TODO O SEU AMOR QUE SENTIA POR MIM ACABOU,...

Pode não ser só o inimigo que está deixando vc assim. É preciso verificar o que aconteceu para seu marido esfriar no amor que lhe tinha e trabalhar isso. Nem tudo se...

»VEJA MAIS