ongrace.com

> Mensagem de Hoje

03/11/2017 - AUTORIDADE QUE RECEBEMOS DE JESUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
E lhe disseram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? Ou quem te deu tal autoridade para fazer estas coisas?  Marcos 11.28


Depois de ter amaldiçoado a figueira e falado sobre o perdão, Jesus e os discípulos foram para Jerusalém, e Ele resolveu andar pelo templo. Como sempre, Ele sabia o que fazia e, no mínimo, deixaria alguma instrução para nós. Se estivermos em Cristo, Ele nos revelará as razões por meio das quais o Pai nos leva a algum lugar, onde encontramos pessoas más ou somos confrontados por elas sobre a nossa fé e as nossas obras. Em Cristo, somos mais do que vitoriosos!

Ao verem Jesus, os principais dos sacerdotes, os escribas e os anciãos do povo aproximaram-se dEle, a fim de surpreendê-Lo com alguma pergunta maliciosa. Mas como o homem finito e pecador conseguiria encurralar o Criador? Ao Senhor não faltam sabedoria e poder. Ele conhece até as intenções do coração (Hb 4.12). Só uma mente fraca não percebe isso!

Eles iniciaram a sabatina interrogando Jesus sobre a autoridade com que Ele fazia maravilhas notórias, as quais eles ignoravam ter vindo do Alto. Bom é estarmos sempre vigilantes, para fugirmos das mentiras do diabo. O inimigo vem de mansinho para nos pegar. Porém, tendo a assistência do Santo Espírito, ao falarmos com autoridade, ele será desmoralizado. Jamais o diabo ou o homem vencerão o nosso Deus.

Não importava a resposta que Jesus desse, ela seria distorcida e usada para condená-Lo. No coração pequenino deles, até sorriam, pensando que seu plano era infalível. O Mestre poderia ter lhes respondido de mil maneiras, mas eles teriam levado anos para entendê-la; afinal, estavam falando com o Onisciente. Respeitando a pequenez dos pensamentos humanos, o Senhor condicionou a Sua fala fazendo um questionamento.

A indagação era de onde vinha o batismo de João. O Salvador disse que só lhes responderia se dissessem o que pensavam a respeito disso. Agora, eles é que estavam encurralados. Apesar de ser uma questão simples, como eles eram enganadores, não falariam o que estavam pensando. Temiam dizer que o batismo provinha dos homens, porque o povo julgava que João era um profeta. Por outro lado, se dissessem que era dos Céus, Cristo poderia perguntar-lhes por que não haviam crido.

Agindo como insensatos, aqueles homens afirmaram não saber. Tendo dito isso, despediram-se do Mestre. A pessoa que briga por religião age exatamente assim: mesmo que veja Deus curar mil paralíticos, encontrará uma desculpa para não dar glórias a Ele. Naquele momento, eles poderiam ter progredido, porém, infelizmente, não quiseram.

Aqueles homens não admitiram a soberania divina sobre eles. Já a resposta do Mestre mostrou que eles mentiram o tempo todo. Jesus disse: Também eu vos não direi com que autoridade faço estas coisas (Mc 11.33c). Por que algumas pessoas ousam endurecer a cerviz? Eles saíram envergonhados da presença de Cristo, mas poderiam ter sido salvos. Misericórdia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus onisciente! Seremos mais sábios e responderemos a todas as indagações, se tivermos a Tua assistência. Foi isso que Jesus prometeu que teríamos ao descer sobre nós o Espírito Santo. Senhor, enche-nos do Teu Espírito, para vivermos a Verdade e o amor.

Como aqueles principais dos sacerdotes podiam continuar dizendo que eram Teus servos, se não se firmavam na Palavra? Jesus disse que o diabo jamais se firmou na Verdade, pois é mentiroso. Tem misericórdia dos enganadores, mentirosos e traidores!

Se aprendermos com Jesus, ajudaremos os necessitados a se livrarem das opressões. Ajuda-nos a aprender tudo de que precisamos, pois queremos Te honrar e desfrutar da vida abundante em Ti.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Se é necessário, segundo a Bíblia, que casemos no civil para que se faça segundo a lei do homem, então: 1) As leis sobre o casamento diferem de um paíz para outro, qual...

O que abençoa um casamento é o fato dele ter sido construído segundo a aprovação dEle, ou seja, os jovens buscam nEle orientação e namoram, ficam noivos e se casam,...

»VEJA MAIS