ongrace.com

> Mensagem de Hoje

30/01/2017 - CARGAS QUE SÃO CANSEIRAS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Já abatido está Bel, Nebo já se encurvou, os seus ídolos são postos sobre os animais, sobre as bestas; as cargas dos vossos fardos são canseira para as bestas já cansadas. Isaías 46.1


Dois príncipes do Inferno cultuados como deuses na antiga Babilônia caíram, como cairão todos os que são considerados deuses em qualquer lugar. Se você tem feito algo de bom para a humanidade, credite isso à misericórdia divina, pois, se não fosse o Senhor tê-lo socorrido ou agido em seu favor, nada de positivo partiria de você. Só há um Deus e Senhor, cujo Nome é excelso e verdadeiro. Por Ele, somos salvos. Aleluia!

Na antiga Babilônia, Bel era conhecido e adorado como a divindade principal. Durante muito tempo, as pessoas eram enredadas por esse culto, que não passava de mais um engano de Satanás para fazer separação entre Deus e os homens. Apesar de ser considerado o maior, sua imagem foi levada sobre carros na tomada da Babilônia, o que nega a sua divindade. Mudo como sempre, ele foi levado por bestas. Assim será com todos os “deuses”.

Nebo era considerado filho de Bel e tido como o deus da aprendizagem e da ciência. Como o pai, teve o mesmo destino. Se prestarmos atenção, até no meio cristão, o diabo tem conseguido fazer os servos do Altíssimo, que fizeram a vontade divina em seus dias, acreditarem que são intermediários entre o homem e Deus. O intuito do maligno é ofuscar a fé no verdadeiro Mediador entre o Pai e a humanidade, o Senhor Jesus. Coitado de quem crê nisso!

Os adoradores desses deuses babilônicos ficaram desmoralizados, pois eles os viam ser colocados sobre carroças que os levavam para longe dali. Eles não puderam impedir que os babilônicos, seus seguidores, fossem vencidos por Ciro. Aqueles ídolos eram reverenciados como divindades, mas, diante de Ciro, nada puderam fazer pelos que confiavam neles. Só há um verdadeiro Deus, o qual deplora a adoração a imagens.

Em diversos países, essa escuridão espiritual existe e domina milhões de pessoas. Até no chamado cristianismo histórico, costuma-se criar imagens em homenagem a algumas pessoas que fizeram o bem ou serviram a Deus em seus dias. Depois, com o passar do tempo, elas passam a ser cultuadas ou adoradas, sendo tidas como intercessoras, o que não tem respaldo bíblico. Só há um intercessor junto ao Todo-Poderoso: Jesus, o Salvador.

O profeta Isaías revelou uma maldição sobre aqueles que vendem, fabricam, possuem ídolos ou lhes servem, dizendo que se tornarão semelhantes a eles. Eles têm boca, mas não falam; ouvidos, mas não ouvem, e pés, mas não andam. A Bíblia condena essa adoração, pois, na verdade, não é ao Senhor que adoram, e sim aos demônios. Os idólatras não herdarão o Reino de Deus (1 Co 6.9).

Que deuses eram Bel e Nebo, se não podiam sequer carregar a si mesmos? As cargas das suas imagens eram canseiras para as bestas já cansadas que puxavam as carroças. Nem como coleção se deve ter coisas parecidas com essas, pois são repugnantes a Deus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Verdadeiro Deus! Como o povo da Babilônia, os adoradores de deuses ou seres que se dizem intermediários entre Ti e o homem concluirão que estão errados. Só Tu podes atender os que confiam e oram a Ti.

Bel, Nebo e todos os outros que os homens criaram para ocupar o Teu lugar foram em vão àqueles que os elegeram e neles confiaram. Só em Ti podemos colocar a nossa confiança, pois sempre ouvirás quem Te busca.

Bem-aventurados os que confiam em Tua Palavra e esperam por Ti, pois, quando passarem por dificuldades, ao orarem a Ti, descobrirão que foram ajudados de verdade. Oramos pelos que ainda não Te conhecem.

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração