ongrace.com

> Mensagem de Hoje

01/09/2015 - FAÇA A SUA ALMA VIVER

  • Envie por Email
  • Imprimir
Pelo que, rejeitando toda imundícia e acúmulo de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar a vossa alma. Tiago 1.21


A alma da maioria das pessoas – a parte que se relaciona com emoções e sentimentos – não está vivendo, mas vegetando e, em alguns casos, encontra-se presa nas mãos do inimigo. Com isso, vemos muitas delas decepcionadas com tudo e todos, inclusive na fé. Elas não conseguem se alegrar nem se realizar na vida. Porém, a boa notícia é que o Senhor já pagou o preço do resgate delas e, agora, podem se libertar de qualquer amarra.

O segredo é: inclinar os ouvidos e ir a Jesus. Inclinar os ouvidos é deixar de achar que você sabe tudo e, inclusive, mais que Deus. Ora, Ele exalta, a Seu tempo, aqueles que se humilham debaixo da Sua potente mão – a Sua Palavra. O homem precisa acordar para o fato de que, desde o pecado de Adão, caiu da sua cabeça a coroa da sua glória. Portanto, passe a dar atenção às Escrituras.

Enquanto você não parar e não for ao Senhor, entregando a sua vida a Ele e oferecendo-se como servo, pouca coisa mudará. Não basta frequentar os cultos e orar, usando aquilo chamado pelos religiosos de fé, mas que não passa de presunção. Quem não vai a Cristo e não nasce de novo jamais tem a alegria e o poder do Reino de Deus inundando o seu ser. Examine se você é salvo ou não.

O sinal de que você encontrou o Salvador se dá pelo vigor que a sua alma passa a ter diante de qualquer adversidade e, nos tempos bons, pelo prazer de cantar louvores a Deus. Isso serve como medidor da sua rendição ao Senhor. Agora, se você se chateia quando as coisas não dão certo, ou quando passa por alguma provação, ainda não é salvo. Aquele que recebeu Jesus tem atitudes diferentes das dos perdidos.

O Altíssimo fez um Concerto perpétuo com a humanidade. Nessa Aliança, tudo é diferente das outras que Ele havia feito com a humanidade, inclusive a chamada Lei de Moisés. No Novo Pacto, não temos de fazer o menor sacrifício para merecer as bênçãos divinas, mas somente crer no que as Escrituras dizem e tomar posse delas. Porém, com a sua alma triste, você jamais servirá a Deus, pois lhe faltará a alegria.

No entanto, uma vez tendo sido salvo, Deus lhe concederá as artes de fazer o bem, para que você não mais seja derrotado pelo inimigo e nenhum enviado do Inferno permaneça de pé diante de você. Assim, todas as suas crises terão fim. Não foi por acaso que Davi, por exemplo, venceu as batalhas. Com as artes de fazer o bem no coração, ele derrotou todos que se levantaram contra ele.

O que você fará: será um religioso ou um praticante da Palavra? Se escolher a segunda opção, será sempre bem-sucedido. No entanto, se viver repetindo rezas que nem entende, jamais se livrará da arte de fazer o mal que o diabo possui. A partir de agora, torne-se a bênção que o Senhor planejou que você fosse.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! Obrigado pela Tua Aliança com a humanidade, a qual foi feita em superiores promessas e supre as nossas necessidades. As artes de fazer o bem que deste a Davi, agora, são nossas e, por isso, venceremos!

Há muitos que ainda não aprenderam a inclinar os ouvidos para a Tua Palavra e, assim, obter a salvação da alma. Por isso, ainda que Tu fales com eles, não conseguem entender Teu lindo plano. Então, sem perceberem, voltam-se para os rituais religiosos que não valem nada. Ajuda-os!

Queremos ter a alma iluminada, cheia de revelações, salmos, hinos e cânticos espirituais, para Te agradar e desfazer as obras do inimigo. Obrigado por nos ensinares a vencer!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Preciso de orientação. Vivo com uma pessoa a mais de 14 anos e tenho um casal de filhos. Gostaria de me reconciliar com Deus e me batizar, pois não sou casado oficialmente....

Como sempre digo, o batismo envolve muitos fatores, pois estabele um vínculo não só entre o crente e Deus, mas entre a pessoa e a igreja também. Por isso o ideal é sempre...

»VEJA MAIS