ongrace.com

> Mensagem de Hoje

02/03/2014 - INCENTIVO A PRODUZIR MUITO FRUTO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Nisto é glorificado meu Pai: que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos. João 15.8


O Senhor Deus é abundante em tudo e, como seres criados à Sua imagem e semelhança, também deveríamos abundar em todos os sentidos. Foi exatamente em relação a isso que Jesus quis nos incentivar quando afirmou que o Pai seria glorificado dessa maneira, para, assim, sermos Seus discípulos. Os que aprendem de Cristo não terão desculpas caso não façam o Pai ser glorificado. A meta do cristão deve ser sempre obedecer ao Mestre.

Estamos rodeados de pessoas com os mais diversos problemas. Se não lhes dermos a Palavra que liberta, seremos taxados de maus obreiros. O poder para expulsar os espíritos malignos que as atormentam, fazem-nas viver cheias de doenças e de toda sorte de problemas já nos foi concedido (Mc 16.17,18). No Dia do Juízo, não poderemos justificar a nossa negligência, e, então, virá a nossa condenação.

O Senhor nos delegou a missão de ir por todo o mundo e pregar o Evangelho a toda criatura (Mc 16.15). É incrível como a maioria do povo de Deus não acorda para o fato de que não estão cumprindo às ordens do Onipotente. Há pessoas que esperam o dia em que o Senhor lhes falará para irem a algum lugar a fim de pregarem a Boa Mensagem. No entanto, Ele já fez isso. Por que não obedecem? Sem dúvida, porque amam mais os assuntos carnais do que os espirituais.

Examine o que você tem feito para que o Evangelho alcance os perdidos. Em seu trabalho, os seus colegas têm recebido o seu testemunho e aprendido a amar a Deus por ver a maneira como você vive? Cuidado! Se você não der muito fruto, não glorificará o Pai nem poderá ser discípulo de Jesus. O Mestre advertiu que só conhece a Verdade que liberta quem verdadeiramente é Seu discípulo (Jo 8.31,32).

Como existem salvos que não progridem na fé! E a culpa disso é toda deles, pois ignoram de propósito do chamado do Pai, por causa dos cuidados da vida (Mc 4.18,19). Há quem gaste mais com produtos de beleza do que com as missões do Evangelho. Muitos cristãos falam de tudo com os que os rodeiam, até do que não deveriam, mas sequer mencionam a bondade de Cristo. Essas pessoas se lamentarão no Dia do Juízo.

Jesus foi claro: o Pai somente será glorificado se dermos frutos abundantes. Não basta dar uma palavrinha de fé aqui e acolá. É preciso tomar uma posição e honrar o Senhor em tudo o que falar e fizer. Sem dúvida, quem começar a contar o que o Senhor lhe tem feito verá o poder divino operando em sua vida e por intermédio dela; com isso, seus sofrimentos simplesmente desaparecerão. Deus ama aquele que O ama de fato (Pv 8.17).

Há duas coisas importantes a serem feitas na vida: glorificar o Pai pelos muitos frutos que produzirmos e, desse modo, sermos discípulos de Jesus. Quem aprende do Mestre se destaca dos demais em todos os sentidos. Porém, os que não se interessam por pertencer ao grupo de aprendizes de Cristo não sabem mandar embora sequer uma doença.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Mestre! Obrigado pela informação dupla do que devemos fazer para sermos Teus discípulos. As condições para pertencermos a esse grupo abençoado são mínimas; basta produzirmos muito fruto. O poder que nos ajudará a fazer isso já nos foi concedido.


O homem geme e chora pelo aparecimento dos verdadeiros discípulos do Teu amado Filho. Estes foram autorizados a expulsar os demônios, curar os enfermos e levar o povo a ter contato Contigo, Senhor dos senhores e Rei dos reis. Que ninguém se exclua!
Com os relatos, temos aprendido o que Jesus fez. Neles, aprendemos a ser operadores das Tuas bênçãos.


Não podemos ter medo de Te obedecer e fazer conforme nos ensinas. Sabemos que Tu estás esperando; portanto, devemos qualificar-nos no Teu mandamento para sermos atendidos.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

A Paz do Senhor Missionário. Gostaria de saber se é errado, ou, se é pecado a mulher que é casada usar roupas sensuais ou fantasias, do tipo: Enfermeira, etc., no...

Acho que é preciso muito cuidado nesse terreno, já tão minado pelo inimigo. Por que algum marido precisaria imaginar sua esposa em outras circunstâncias que não as reais?...

»VEJA MAIS