ongrace.com

> Mensagem de Hoje

01/07/2019 - JÁ SOMOS A BÊNÇÃO PROMETIDA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E há de acontecer, ó casa de Judá e ó casa de Israel, que, assim como fostes uma maldição entre as nações, assim vos salvarei, e sereis uma bênção; não temais, esforcem-se as vossas mãos.  Zacarias 8.13


O que Deus fala nesse versículo já aconteceu. Agora, somos o povo que herdou as promessas feitas aos patriarcas da fé. Por isso, podemos desfrutar de tudo o que Jesus realizou em nosso favor na cruz. Não existe a mínima possibilidade de Deus falhar ou da Sua Palavra passar. Quem quiser viver na plenitude das bênçãos deve simplesmente crer em Cristo e assumir tudo o que lhe foi preparado.

O povo de Deus é amado por Ele de modo fenomenal, e esse amor precisa ser anunciado; assim, as pessoas sairão do sofrimento e usufruirão da vida abundante trazida por Jesus. Somos os benditos filhos do Altíssimo, por isso o inimigo não nos tirará do caminho santo. Embora ele respire suas ameaças contra nós, nada do que deseja fazer vingará. Já não somos maldição, e sim bênção.

Uma das maiores e mais duras declarações de Cristo foi contra Si mesmo, ao Se colocar em nosso lugar. Ele era a justiça de Deus, a qual exigia a justificação dos pecados cometidos pelo homem contra o Altíssimo. Com isso, foi Jesus Quem nos trouxe a salvação, e não um decreto eximindo-nos da dívida. Agora, só precisamos crer nisso.

Ao aprendermos nas Escrituras o significado do sacrifício do Salvador, somos automaticamente livres e nunca mais teremos de pagar uma só das velhas contas. A nota que pesava contra nós foi cravada na cruz e, por isso, nada mais temos de padecer. Embora não entendamos tudo, devemos crer.

Hoje, quem aceita Cristo como seu Salvador é uma bênção, pois foi liberto do império das trevas e transportado para o Reino do Filho do Seu amor (Cl 1.13). Quando vivemos no Senhor e Suas palavras vivem em nós, podemos pedir tudo o que quisermos e nos será feito. O inimigo nunca mais nos oprimirá, a menos que o deixemos fazer isso. Portanto, fortaleça-se no Altíssimo – no que a Palavra fala sobre Ele e os seus direitos em Jesus e na força do poder divino.

O momento é de avançar para assumir as dádivas de Deus prometidas àqueles que O amam – têm os Seus mandamentos e os guardam. Há muito mais bênçãos à sua espera do que você tem notícia ou necessidade. O Pai celestial é abundante em Seus feitos. Ele jamais dá somente aquilo de que você ou as pessoas precisam. Veja o exemplo da multiplicação de pães e peixes realizada para cinco mil homens, mais mulheres e crianças: sobraram 12 cestos.

A única coisa capaz de impedir você de receber a abundância do Senhor, depois de usar a fé e fazer a oração correta, é não se esforçar. A Palavra declara que as nossas mãos têm de ser esforçadas (Ne 6.9), e isso significa pedir (determinar), crendo, sem dar nem aceitar desculpas!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor Cumpridor de Tuas palavras! Tanto o povo da igreja do Antigo Testamento quanto o do Novo precisam saber que não são mais maldição, porque Teu Filho, o Senhor e Salvador, realizou a obra que faltava para ser derrubada a separação entre nós!

Não somos mais maldição, e sim Teus filhos queridos em Cristo. Agora, não podemos deixar que nos considerem excluídos. Por causa do sangue de Jesus, podemos viver em Ti. A obra feita em nosso favor nos promoveu da derrota para a vitória. Aleluia!

Tu nos tornaste uma bênção para a humanidade. De todas as partes, as pessoas nos procuram, e isso muito Te agrada. Dá-nos condições para que elas não se frustrem conosco. Queremos a Tua ajuda, pois temos de esforçar nossas mãos na bendita e poderosa obra!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

A MAIS DE UM ANO ME CONVERTI A JESUS,DESDE ENTÃO ME BATIZEI NAS ÁGUAS,E UM DIA COMECEI A FALAR EM LINGUAS ACREDITEI QUE ERA O ESPIRITO SANTO. DEPOS DEIXEI A DÚVIDA ENTRAR,E...

O Espírito Santo nos dá prazer na presença de Deus, de modo tão intenso que não queremos parar. Acho estranho alguém ter dúvidas de algo que acontece no mais íntimo de...

»VEJA MAIS