ongrace.com

> Mensagem de Hoje

12/12/2015 - MALDADES ESQUECIDAS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Esquecestes já as maldades de vossos pais, e as maldades dos reis de Judá, e as maldades das suas mulheres, e as vossas maldades, e as maldades das vossas mulheres, que cometeram na terra de Judá e nas ruas de Jerusalém? Jeremias 44.9


Deus não Se esquece das nossas maldades, a menos que peçamos Seu perdão com sinceridade. Toda obra má é contra o Senhor, o qual é bom e deseja que todos cheguem ao arrependimento. Enquanto uma pessoa continuar no erro e não se arrepender, ela fechará a porta para o Altíssimo operar. Somos parte dEle aqui no mundo, pois Seu sopro nos fez almas viventes, por isso não devemos frustrá-Lo.

Por intermédio do profeta Jeremias, Deus perguntou se os israelitas já se haviam esquecido da maldade de seus pais. Eles tinham tudo para confiar no Senhor e erradicar o mal da Terra da Promessa. No entanto, não agiram corretamente e, com isso, impediram que Deus cumprisse o que havia decretado a respeito deles. Assim, o Senhor deixou os antigos moradores em Canaã serem como espinhos para as costas deles.

Por sua vez, os reis de Judá prevaricaram. Na verdade, houve alguns que quase fizeram o que era certo, mas, por pura desobediência, deixaram de executar as ordenanças divinas. Com isso, o inimigo aproveitou-se do povo escolhido e o fez sofrer. Ora, toda mentira que alguém conta é contra a Verdade e não há desculpa para erros. Quem confia no Senhor evita as tentações.

As mulheres israelitas deveriam ter aprendido que, se fossem sábias, teriam edificado as suas casas; porém, também se deixaram levar pelas tentações e fizeram o que não deviam. Com isso, seus filhos não tiveram uma boa educação espiritual e, quando tentados, cederam às mentiras do inimigo e caíram em ciladas. A mesma coisa tem acontecido hoje na igreja; por isso, todo tipo de escândalo tem sido visto no meio do povo santo.

De modo geral, todo o povo de Judá havia se corrompido. Não podemos nos vender por nada nem aceitar que as propostas do inimigo ganhem os nossos ouvidos, pois só devemos ouvir Jesus – a Palavra de Deus. As nossas maldades testificam contra nós como se fossem um alto-falante que irradiam para toda a comunidade o que temos feito secretamente. Ora, o ganho da injustiça traz com ele demônios que não deixam em paz os que lhes atendem.

As israelitas chegaram a oferecer bolos e demais oferendas àquela que chamavam de rainha dos céus. Esse culto babilônico entrou em Judá e prevaleceu, pois, com ele, elas podiam se dar às vaidades de seus desejos sensuais. A mesma coisa tem sucedido atualmente com a maioria dos cristãos. O que era errado e nojento até bem pouco tempo, agora, tornou-se obra aceitável e até ensinada com falsos embasamentos bíblicos.

Só há uma maneira de as pessoas se redimirem das práticas errôneas que se perpetuam na casa de Deus: seguindo o ritual do arrependimento. Não se engane com nenhuma proposta maligna, porque a Palavra não pode ser mudada: Sede santos, porque eu sou santo (1 Pe 1.16). O que você fará?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus misericordioso! Se não fossem as Tuas misericórdias, já teríamos sido consumidos há muito tempo, pois temos errado e permanecido no erro. É preciso arrependimento completo e verdadeiro; do contrário, a nossa posição em Cristo será removida para sempre.

Se cedermos ao inimigo, veremos a porta dos Céus se fechar para nós. Então, o que faremos? Estamos aqui para pedir a Tua misericórdia, pois o exemplo do que aconteceu com Judá é triste.

Que todos os salvos, homens e mulheres, se convertam de fato. Assim, Tu nos darás a Tua paz e o Teu poder para vivermos como pessoas resgatadas do reino das trevas. Ajuda-nos, Senhor!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

pastor preciso de oraçao para mim e minha filha e meu noivo e colegas de serviço e minha vida...

Conte com minhas orações Karine. Pastor Assessor...

»VEJA MAIS