ongrace.com

> Mensagem de Hoje

12/10/2019 - NADA IMPEDIRÁ OS JUÍZOS DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Por isso, os abati pelos profetas; pela palavra da minha boca, os matei; e os teus juízos sairão como a luz. Oseias 6.5


Mesmo com a divisão na casa de Davi em dois reinos, não houve a separação entre os fiéis e os infiéis, o reino de Judá e o de Efraim. As boas ações praticadas por ambos foram comparadas à neblina da manhã e ao orvalho da madrugada, os quais cedo passam (Os 6.4). Até que, em Judá, durante alguns reinados, houve um verdadeiro despertamento espiritual. No entanto, durante outros, só perdição.

O Senhor enviou profetas a esses povos, mas foi em vão. Os servos de Deus foram até eles com poder para adverti-los e abatê-los. É preciso estar atento à pregação das Escrituras, pois a mesma autoridade repousa sobre o que é dito. A Palavra pregada pelos pastores tem o poder de libertar e matar – separar os rebeldes do Onipotente. Bom seria se todos seguissem as orientações bíblicas.

Uma mensagem pode parecer cheia de unção, mas, se você não misturá-la com a fé, nada de especial será feito em seu favor. Jesus declarou que, nos dias de Eliseu, os leprosos de Israel não foram sarados porque não prestaram atenção ao que aquele homem de Deus podia fazer em favor deles. Já o general Naamã, chefe do exército do rei da Síria, o qual tinha vencido Israel, creu no que ouviu e foi curado (Lc 4.27).

Em nossas igrejas, muitos, até parentes nossos, têm ignorado às revelações do Senhor e, com isso, não obtêm respostas às suas questões. Ora, a fé lhes é dada, porém, por algum motivo, esses amados e bem chegados não permitem ser tocados e ficam sem as bênçãos disponíveis aos filhos de Deus. No caso dos leprosos, a culpa não foi de Eliseu, e sim daqueles que não acreditaram nele.

Alguns de Efraim, do reino do Norte, e de Judá receberam a palavra da boca do Senhor. No entanto, mesmo assim, Deus teve de matá-los – separá-los da comunhão com Ele. O mesmo tem acontecido hoje, pois muitas pessoas não conseguem sequer se livrar da dor de cabeça e, por isso, vivem afastadas das operações do poder divino. Por que o Altíssimo não iria libertá-las, se Ele tem feito isso até para quem nada entende de fé, mas crê?

O que ocorreria com Samaria e Judá seria muito triste. Com os habitantes de Efraim foi pior ainda. Quando Salmaneser, o rei da Assíria, levou-os em cativeiro, nunca mais se ouviu falar deles (2 Rs 18.9-11). Judá não ficou incólume: experimentou o cativeiro babilônico durante 70 anos. A história poderia ter sido diferente para esses povos. Da mesma forma, haverá muitos “crentes” no lago de fogo e enxofre. Misericórdia!

Não há como impedir os juízos sobre quem permanece no pecado. Alguns nem consideram que os acontecimentos passados são exemplos do que ocorrerá com quem se dá à iniquidade, é fraudulento e nunca se arrepende das suas más ações. Só o arrependimento os fará escapar no Dia do Juízo.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, nossa Misericórdia e nosso Amor! Clamamos pelos irmãos que não se deixam tocar pela Tua Palavra. O juízo será sem misericórdia e começará primeiro pela Tua casa. Que os “cegos” vejam sua condição e se arrependam o quanto antes!

Mesmo abatidos pelas palavras da profecia nas Escrituras e na mensagem pregada nos púlpitos, há quem se considere especial e não enxergue as maldades que pratica. Estes não subirão com o Teu Filho nem escaparão do suplício eterno. Piedade!

Que a Tua Palavra os convença do erro! Quando o Juízo vier, nada O impedirá de sentenciar tais vidas. Dá a essas pessoas o arrependimento necessário para a salvação e julga-as em Cristo. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração