ongrace.com

> Mensagem de Hoje

11/01/2019 - NÃO FAÇA O JEJUM CARNAL

  • Envie por Email
  • Imprimir
Dizendo: Por que jejuamos nós, e tu não atentas para isso? Por que afligimos a nossa alma, e tu o não sabes? Eis que, no dia em que jejuais, achais o vosso próprio contentamento e requereis todo o vosso trabalho. Isaías 58.3


É errado reclamar do Senhor, pois Ele é bom e perfeito em Seus atos. Ele faz tudo certo, de modo exemplar. Quando o Altíssimo não nos responde, é sinal de que estamos descumprindo a nossa parte, a qual é buscar a vontade dEle e, tendo-a encontrado, determinar a realização dela. Afinal, aprendemos na Palavra o que nos pertence! Quem murmura contra Deus age tolamente!

O Altíssimo nos abençoa quando agimos segundo as Escrituras. Porém, se não somos agraciados, pode ser que a nossa petição esteja em desacordo com a vontade divina. O Espírito Santo nos guia pela Palavra, para desfrutarmos de todas as coisas concedidas pelo Todo-Poderoso. Deixar de ir ao Livro Santo e aprender sobre as promessas de Deus é um erro cometido por muitas pessoas.

O jejum não é feito com o objetivo de forçar o Senhor a realizar os nossos desejos, nem negociar com Ele as nossas necessidades, e sim quebrar a carne e nos capacitar a cumprir Seu plano. Muitos se iludem ao achar que Deus tem a obrigação de ajudá-los, dando-lhes tudo aquilo de que precisam. Ora, quem pensa assim não aprendeu isso da Bíblia, mas de uma mente fraca. O Senhor é mais do que um amigo; é Pai mesmo!

Mais uma vez, digo: precisamos entender o propósito do jejum. Portanto, seja firme no que você aprende na Palavra e esqueça os ensinamentos do homem. Deus só operará em nós e por nosso intermédio, quando agirmos conforme a recomendação bíblica. O jejum deve alegrar a nossa alma e habilitar-nos a usar o poder recebido do Altíssimo!

Veja duas coisas importantes para quem vai fazer um jejum: primeira, deixe as suas vontades de lado e busque conhecer o propósito do Senhor. De início, confesse suas transgressões e, ao tomar conhecimento pela Palavra dos seus direitos, reivindique-os e agradeça a Deus por tudo o que você fará a partir da consagração. Depois disso, a sua força no Senhor atuará mais e melhor do que antes. Após enfraquecer a carne, você será usado!

A segunda é: devemos dar a Deus a glória do que Ele fará em nosso favor, e não requerer pagamento por termos jejuado. Quando a carne é domada, nós nos sentimos livres para cumprir os desígnios do Pai. Então, as trevas não resistem às nossas ordens. Quem se liberta da carne e de seus desejos se torna um vitorioso em qualquer situação. Deus nunca erra, mas nós sim. Vigie e ore!

Para finalizar, devemos crer na orientação das Escrituras acerca do jejum, e não nas palavras de quem quer que seja. O poder de Deus só age dentro da revelação da Palavra. Por isso, ao jejuar, não ache seu próprio entendimento nem requeira o seu trabalho.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Soberano e fiel Deus! Aprendemos com Jesus que, quando a carne ganha domínio sobre o nosso espírito, é hora de jejuar. Sabendo disso, faremos o que nos dizes e, então, teremos uma razão justa para iniciarmos esse momento.

Não queremos Te impressionar com “sacrifícios”, e sim Te agradar estando em comunhão Contigo. Ensina-nos mais e mais; assim, nós Te agradaremos a cada consagração. Desejamos alegrar a nossa alma.

O que deve nos impelir ao jejum é o prazer de cumprir a Tua vontade e nos preparar para as Tuas operações em nossa vida. Não é a nossa intenção pedir algo em troca do nosso jejum. Almejamos ser Teus cooperadores para Tua glória!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

missionario eu já conhecia a palavra de deus quando conheci uma mulher a qual ficou gravida de gemeos quando fiquei sabendo resolvi me casar c/ ela pois queria me batisar ,na...

Como sempre digo, esses casos são complexos e há muita, mas muita coisa mesmo que não foi dita em sua pergunta. Portanto, não tenho como lhe dar uma orientação segura e...

»VEJA MAIS