ongrace.com

> Mensagem de Hoje

06/07/2013 - O GLORIOSO E TERRÍVEL NOME DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Se não tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta lei, que estão escritas neste livro, para temeres este nome glorioso e terrível, o SENHOR, teu Deus. Deuteronômio 28.58


O Senhor Deus fez duas grandes Alianças com Seu povo. Uma é um contrato que fazem duas ou mais pessoas, no qual elas têm direitos e obrigações. Com os filhos de Israel, o Senhor fez o pacto chamado Antigo Testamento, em que eles deveriam guardar – cumprir – todas as palavras da Lei registradas no Pentateuco (os cinco primeiros livros da Bíblia), para que pudessem temer – respeitar – o grande e terrível Nome de Deus: SENHOR.

Eles deveriam aprender o que estava escrito na Antiga Aliança e, se cumprissem todas as palavras, os mandamentos, teriam a capacidade de respeitar o Nome glorioso e terrível do Altíssimo. Por sua vez, o Altíssimo Se obrigava a estar com eles, sendo o Deus deles. Com isso, não seriam afligidos pelo inimigo nem ficariam doentes, mas, sim, prosperariam a ponto de emprestar a muitas gentes, mas nunca tomar emprestado (Dt 28.12).

Essa Aliança era boa, porém não a ideal. Então, trabalhando durante milênios, chegou o dia em que o Senhor cumpriu Sua promessa ao enviar Seu Filho (Gl 4.4). Por meio do sangue de Jesus, Ele criou uma Nova Aliança. A Bíblia diz que ela é melhor e foi feita em superiores promessas (Hb 8.6). Na Antiga, os israelitas tinham de cumprir toda a Lei; na Nova, porém, da qual nos tornamos parte ao nos convertermos, temos somente de crer no que a Palavra declara (Jo 5.24).

Uma das grandes revelações do Novo Testamento é que Senhor, que é o Nome glorioso e terrível de Deus, é o Nome de Jesus. Tal como Davi (o jovem que se tornou rei em Israel) fez ao enfrentar o gigante Golias, declarando que o inimigo ia até ele com espada, lança e escudo, mas que ele combateria Golias em Nome do Senhor dos exércitos de Israel, temos de ir contra os males que nos ocorrem em Nome de Jesus (Mc 16.15-18).

Esse Nome é a autoridade máxima em nossas mãos. Com Ele, abrimos os Céus e fechamos o Inferno. Tudo o que ligarmos nesse Nome, aqui na Terra, será ligado nos Céus (Mt 18.18). Com Ele, podemos e devemos repreender o que causa a dor, a doença e todos os problemas – os demônios –, e eles terão de bater em retirada (Lc 10.19). Após isso, precisamos somente crer que a nossa ordem dada nesse Nome glorioso e terrível não falhará.

Agora, você deve dar sua ordem em Nome de Jesus, para que todo o mal que o perturba saia. Se fizer isso com fé, provará que ama o Senhor, e, por amá-Lo, Ele também o amará (Jo 14.21). Jesus prometeu que tudo o que você pedisse, determinasse, decretasse, ordenasse e tomasse posse em Seu Nome Ele faria por você (Jo 14.13). Este é o momento mais propício para fazer sua oração; Deus espera que você ocupe o seu lugar, a fim de que Ele opere.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai, Deus Todo-Poderoso! Que bem faz à nossa alma, quando a Tua Palavra é revelada. Ao aprendermos os nossos direitos na Nova Aliança, tornamo-nos abençoados e autorizados a respeitar o Teu Nome e a repreender todo o mal.

Portanto, agora, uno a minha fé à de todos os meus leitores. Senhor, há muitos males que não têm sido curados, mas, agora, sairão e não mais voltarão. Em Nome de Jesus, eu os repreendo e ordeno que saiam agora!

Assumo o meu lugar na Nova Aliança para ordenar a toda dor, doença e aos males que atacam a mente, o casamento, a parte financeira ou qualquer outro setor desta vida que saiam agora, em Nome do Senhor.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração