ongrace.com

> Mensagem de Hoje

03/08/2013 - O NOSSO CONSOLADOR

  • Envie por Email
  • Imprimir
Eu, eu sou aquele que vos consola; quem pois és tu, para que temas o homem, que é mortal, ou o filho do homem, que se tornará em feno? Isaías 51.12


Ser consolado é também ser liberto de toda dor. Mas não é só isso. A consolação é muito mais ampla do que podemos imaginar. A cura de nossas doenças e a solução de todos os nossos problemas, como o perdão de nossos pecados e o poder para não mais sermos escravizados pelo inimigo, são bênçãos que o Consolador nos proporciona. Não há por que viver aflito, se a obra é para todos aqueles que temem o Altíssimo.

Isaías profetizou que o Senhor é Aquele que nos consola. Mas será que Ele é fraco no que faz? Claro que não! Então, por que mais pessoas não são consoladas? Fato idêntico acontecia nos dias de Jesus. Ele foi enviado com poder para resolver os problemas do Seu povo, mas Israel preferiu ficar com a religião. Em Nazaré, o Mestre não pôde fazer muitos milagres, por causa da incredulidade do povo (Mt 13.57,58).

No entanto, os que creram em Jesus viram a glória de Deus operar maravilhas. O mesmo pode ocorrer nos dias de hoje; porém, somente quem crer verá a glória divina operar em nosso meio. Não basta desejar, pedir ou até buscar; temos de fazer a única coisa que faz o Senhor operar: crer. Para os que cumprem essa condição, o Espírito Santo cumprirá Sua missão.

Não temos necessidade de temer o homem que é mortal, pois somos parte do Corpo de Cristo. Se o inimigo tem-se lançado contra você, como o rebentar de um açude, que leva tudo a roldão, o Espírito de Deus arvora a Sua bandeira e entra na luta para protegê-lo e dar-lhe a vitória. Todo salvo tem o direito de ser consolado, mas é preciso que ele siga os passos delineados nas Escrituras.

Antes de voltar para os Céus, Jesus afirmou aos discípulos, os quais ficaram pesarosos com a notícia de que o Salvador voltaria para a Casa paterna, que era melhor para eles que Ele fosse, pois, assim, enviaria o Espírito Santo – o outro Consolador (Jo 16.7). A consolação do povo de Deus não ficaria limitada à Pessoa dEle, que, por ter vindo como homem, estava restrita à Sua presença física.

O trabalho do Espírito Santo como o outro Consolador não somente nos consola, como também nos dá poder para consolar outros que estejam passando pelos mesmos problemas dos quais fomos consolados. É preciso que todos os que foram libertos pelo Senhor saiam para libertar todos os que têm sido afligidos com semelhante ataque diabólico. Ao ser consolado, você recebe autoridade para consolar os que estão passando por dificuldades.

Portanto, não seja irresponsável por não acreditar no que Deus afirma, pois Ele já nos fez consoladores dos que são oprimidos com o mesmo mal que nos atingia. Você é um agente divino para realizar o mesmo que Ele tem feito em seu favor.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Pai das consolações! Quantas vezes somos afligidos por males que perduram por muito tempo por não sabermos que Tu desejas consolar-nos – livrar-nos desses ataques do Inferno! Por isso, agora, clamo em favor dos meus leitores.

Tu és Aquele que nos consola. Nos dias de Jesus, Tu consolavas todos os que procuravam o Mestre. Quando Ele voltou para os Céus, o Teu maravilhoso Espírito Santo foi enviado para continuar a obra que Tu tinhas dado a Teu Filho.

Hoje, Tu esperas que Te sirvamos do mesmo modo que Jesus servia a Ti. Então, temos de dar fim ao sofrimento das pessoas. Portanto, para a Tua glória, ó Deus, ordeno que todo mal saia de quem está orando comigo em o Nome de Jesus.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, por que o apóstolo Paulo escreveu "Estás livre de mulher? não busques mulher"(1Co7,27b) se Deus disse assim: "Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei...

Basta ler o capítulo citado inteiro (1Co 7) para entender o raciocínio do apóstolo Paulo. Ele recomenda que todos se casem para não se exporem à tentação da impureza...

»VEJA MAIS