ongrace.com

> Mensagem de Hoje

04/06/2015 - O PAGAMENTO DAS BÊNÇÃOS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Que darei eu ao SENHOR por todos os benefícios que me tem feito? Salmo 116.12


Você já pensou em quanto o Senhor arrecadaria se vendesse Suas bênçãos? No entanto, Ele é o Dono de tudo e, por isso, não precisa de nada. Deus abençoa porque o Seu coração é amor e Jesus comprou para os seres humanos o direito de serem libertos do império das trevas e dos sofrimentos causados pelos demônios. Não se deixe enganar! Firme-se no que o Altíssimo diz.

Jesus proibiu que Seus discípulos cobrassem pelo que fizessem ao povo, pois, por serem Seus servos, haviam recebido a autoridade de graça (Mt 10.8-10). Além disso, se há alguma retribuição por algo feito às pessoas, deve ser recebida na volta de Jesus. A recompensa será enorme, porque, quando socorremos um sofredor, é como se o próprio Senhor tivesse realizado essa obra.

No entanto, há um galardão pelos benefícios que alguém recebe de Deus, e o salmista fala disso no versículo que estamos estudando. Esse pagamento não tira nada de nós, e sim nos acrescenta. Assim, podemos estar convictos de que teremos uma maior recompensa. O certo não é esperá-la aqui, mas na eternidade. Hoje, devemos procurar o que fazer, a fim de agradarmos ao Senhor.

Cada cura e libertação, entre outras bênçãos, que as pessoas recebem são bênçãos operadas pelo Altíssimo. Para que não houvesse dúvida quanto a dar ou não algo em troca do que nos é concedido, surgiu a pergunta do salmista sobre o que se deve oferecer a Deus em virtude do que Ele nos faz. Ao entender o que Ele quer de nós, sem dúvida, almejaremos fazer esse pagamento à vista tão logo for possível.

O salmista declarou que faria três coisas para “pagar” pelos benefícios divinos: tomaria o cálice da salvação, invocaria o Nome do Senhor e cumpriria os seus votos (Sl 116.13,14). Na verdade, isso é recebimento, e não pagamento. Ora, quanto mais você beber desse cálice, invocar o Nome do Senhor e cumprir os seus votos, melhor viverá. Portanto, agora, você tem uma direção segura para oferecer a Deus o que Lhe é devido por ter ajudado você.

É preciso buscar e receber o que foi incluído no cálice da salvação, porque Jesus pagou um preço muito caro pelo que nos foi feito. Nesse cálice, há tudo aquilo que foi providenciado para que você vivesse longe do pecado, dos pensamentos negativos e errados, das doenças, da escassez e da miséria, como também todas as outras dádivas de que você precisa ou precisará.

Depois do cálice, temos de invocar o Nome do Senhor e, a seguir, cumprir os votos feitos. Em outras palavras, essas são orientações para você participar das coisas que lhe foram destinadas pelo Altíssimo. Dessa forma, você glorificará a Deus, que pensou, preparou e entregou tudo o que diz respeito à vida. O Senhor é bom, inclusive ao nos orientar a fazer algo em nosso favor, como se estivéssemos pagando a Ele.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Ó Deus! Precisamos ser gratos a Ti e Te dar o que pedes. De outro modo, perderemos muitas coisas que nos foram preparadas e entregues. Por isso, chegamos à Tua presença para suplicar pelo Teu imenso favor.

Tu não ficarás mais rico, se Te dermos o que pedes, mas nós sim. Ao entendermos a Tua orientação, chegamos com temor e tremor para pedir a Tua ajuda a fim de bebermos do cálice da Tua salvação.

Jesus bebeu dele, por isso devemos fazer isso também. Invocar o Teu Nome muito nos beneficiará. Além disso, pagando os nossos votos, veremos a Tua mão bendita cobrindo-nos e agindo em nosso favor. Que assim seja para a Tua glória!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, minha duvida é uma só pode haver traição virtual? Pois meu ex-marido praticamente deixou por um computador, pois ainda quandi estava casada, eu ouvia ele...

Claro que há traição virtual, pois trata-se de um relacionamento entre pessoas como outro qualquer. Quanto a seu casamento ter-se dado por pressão de seus líderes, lamento...

»VEJA MAIS