ongrace.com

> Mensagem de Hoje

05/02/2016 - O PROCESSO DA BÊNÇÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis.      Marcos 11.24


A oração é um momento de íntima comunhão com Deus e de solução para todos os nossos problemas. Ela ocorre quando a nossa alma entra em contato com o Altíssimo. Nesse encontro, expressamos nosso reconhecimento para com o Senhor e Lhe dizemos o quanto O amamos e, em uma atitude de fé, expomos as nossas questões e confessamos que cremos nas ordenanças dEle. No entanto, se, depois de termos feito tudo isso, não agirmos como afirmamos, nada será realizado.

Às vezes, não conseguimos uma plena intimidade com o eterno e único Deus por causa do que se passa em nossa mente. Por estarmos mais ligados às dificuldades do que à Bíblia, temos dificuldades em sentir que estamos conectados ao Pai. Então, tudo o que pedirmos não passará de meras palavras que não trazem o peso da fé. Devemos orar como Jesus orava: com confiança. Porém, para que isso ocorra, precisamos agir por fé, sem duvidar (Mt 21.21,22).

Ao sentirmos que estamos na presença do Senhor, podemos estar certos de que nada, absolutamente nada, irá nos separar dEle. Nessa hora, temos de determinar que a promessa divina se cumpra. Então, surgirá em nosso interior uma confirmação de que fomos ouvidos. A fé que recebemos por meditarmos nas Escrituras nos dá a certeza de que não existe a menor possibilidade de não sermos atendidos, uma vez que a Palavra de Deus jamais falhará.

Ao perceber que o Senhor deu atenção ao que você pediu, creia que aquilo será realizado, pois nada O impedirá de operar (Is 43.13). Ao seguir as regras estabelecidas em Marcos, capítulo 11, versículos 22 e 23, você sentirá que cumpriu toda a exigência bíblica, que, diga-se de passagem, é bem simples e fácil de ser executada. No momento em que a fé nos é concedida, a parte do Altíssimo no processo da cura, ou de qualquer outra obra, terminou.

Você pode orar de modo correto, mas, enquanto não crer que foi ouvido, não fará o poder divino entrar em ação para lhe dar a vitória, pois os anjos de Deus só obedecem à Palavra. Ao proceder de acordo com o Evangelho, dá voz ao que está escrito. Era isso que Jesus fazia ao interceder pelas pessoas e declará-las curadas. Ele sabia que era impossível o poder celestial não operar em Seu favor, desde que agisse de modo certo.

Os que cumprem todas as etapas de uma oração bem-sucedida, mas não creem que foram ouvidos, por certo não terão o que pediram. É fundamental continuar crendo, porque, se isso não ocorrer, seremos como Pedro no mar da Galileia, quando andou sobre as águas tumultuadas. Ele não começou a afundar por causa das águas revoltas, visto que, mesmo na maior calmaria, isso seria impossível; ele afundou por duvidar da sua fé (Mt 14.28-31).

Crer é a prova de que você não está tratando com um irresponsável, e sim com um Ser amável, que tem prazer em atender a tudo o que Seus filhos pedem. Não há limites na oração feita em o Nome de Jesus. Portanto, ao clamar, não deixe de pedir aquilo de que você precisa, pois quem atende a um pedido pode atender a todos. Afinal, Ele é o nosso Deus e Pai!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

 

Senhor! É confortante saber que tens prazer em ouvir os nossos pedidos e atendê-los. Por isso, abrimos o nosso coração e colocamos em Tuas mãos as nossas necessidades. Sabemos que és verdadeiro e poderoso.

Podemos entrar em comunhão Contigo, pois os Teus testemunhos falam que Tu és justo e fiel, e jamais negas a Ti mesmo. Por essa razão, unimos a nossa fé e oramos. Suplicamos pelos que precisam do Teu favor.

Sabemos que, ao usarmos o Nome de Jesus, tornamo-nos comandantes na guerra contra o mal e colocamos o Teu poder em operação e a Tua mão na realização de prodígios. O Teu amor visitará todos por quem oramos. Para a Tua glória, obrigado e amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração