ongrace.com

> Mensagem de Hoje

15/07/2019 - OS MANDAMENTOS DÃO SUCESSO

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, agora, ó sacerdotes, este mandamento vos toca a vós. Malaquias 2.1


O capítulo 2 do livro de Malaquias foi direcionado a todo cristão desejoso de ser um vencedor em seu duplo ministério (Ap 5.9,10) para honrar o Senhor. Teremos dez mensagens seguidas deste capítulo que muito o ajudarão em sua caminhada com Deus. Aquele que permitir ser guiado pelo Espírito Santo será bem-sucedido. Bom é estar em plena comunhão com o Altíssimo. Assim, até seus inimigos desejarão ter paz com você, e isso vem da vontade divina.

Depois da salvação, aprendemos que Jesus fez dos membros de Seu Corpo, Sua Igreja, reis e sacerdotes para Deus. Ora, deixar de ser soberano em seu domínio é negar a Verdade. Então, aprenda a agir corretamente a cada instante, diante das tentações, seguindo a revelação da Palavra. Nunca tenha em sua “ficha” e no coração alguma reprovação. Quem crê em Jesus deve fazer as obras realizadas por Ele!

Evidentemente, ser rei em suas “terras” é muito bom; porém ser um mau sacerdote é um grande erro. Ora, temos a oportunidade de estar as 24 horas do dia diante de Quem tem todo o poder nos Céus e na Terra. O Senhor nos chamou para sermos Seus parceiros nas maravilhas operadas por Ele no mundo. Você é autoridade em tudo o que lhe diz respeito; portanto, ande com Deus sempre. Prepare-se!

As dicas de Malaquias são ideais para cumprirmos a nossa missão com excelência. Para isso, temos de nos esforçar para entendê-las e utilizá-las. Fazendo desse modo, obteremos êxito em tudo o que colocarmos as mãos. O Senhor espera que caminhemos segundo os mandamentos que Ele nos deu, para chegarmos ao final da estrada com a certeza de termos cumprido o nosso dever. Atrás de uma lista de sucesso, há obediência total!

O Todo-Poderoso avisa: Porque eu, o SENHOR, não mudo (Ml 3.6), e essa é a certeza de não sermos abandonados por Ele. As provações pelas quais passamos nos preparam para maiores batalhas, as quais, mais cedo do que pensamos, chegarão. Ora, em nenhum combate devemos aceitar sermos derrotados. O crente só precisa deixar o Altíssimo fortalecê-lo, ajudá-lo e sustentá-lo. Na verdade, o Senhor nos acompanha para não deixar que soframos algum prejuízo.

O cristão precisa seguir as orientações das Escrituras, as quais não permitem que ele desista de lutar. O que mais entristece o Pai celestial é ver um filho Seu ceder às ameaças do inimigo. Se a peleja se torna difícil, isso não deve nos assustar. Desde que o Senhor esteja dirigindo os nossos passos, por que entendermos o que acontece na caminhada? Ele é Deus o tempo todo!

Com o mapa na mão, chegaremos a bom termo. O Senhor faz o que promete; basta resistirmos ao medo ou a outra artimanha do diabo. Devemos ter bom comportamento no início, no meio e no fim da guerra. Quem deixa a fé de lado e faz o que pensa ser certo se arrependerá. O Onisciente sempre saberá como agir. Creia, ore e viva!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Nosso Comandante e Amigo! Devemos seguir as Tuas orientações, crendo no que dizes. Tu tens presciência e és bom em Seus feitos. A nossa vitória está garantida do início da caminhada com Cristo até o final, sem qualquer chance de derrota.

Somos Teus sacerdotes, por isso necessitamos buscar a Tua face para termos as Tuas direções nos combates travados em Teu Nome. Só queremos Te agradar, pelejando devidamente. Agradecemos pelo Teu amor!

Dá a cada um de nós a instrução segura e a certeza de que, se a seguirmos, sairemos vencedores. A partir de agora, é só sucesso e glórias que rendemos a Ti pelas Tuas maravilhas. Somos gratos pela nossa salvação! Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Fui obreira de outra denominação, mas, sempre que orava por alguém, sentia que todo peso, todo mal que estava sobre a pessoa passava para mim. Como se explica...

Muitas vezes, os obreiros ainda não aprenderam o suficiente e, quando vão abençoar uma pessoa, o inimigo consegue enganá-los. Por isso, eles deixam de realizar a obra de...

»VEJA MAIS