ongrace.com

> Mensagem de Hoje

11/09/2015 - PELA SUA MÃO, A OBRA É FEITA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, subindo a Baal-Perazim, Davi ali os feriu; e disse Davi: Por minha mão, Deus derrotou a meus inimigos, como a rotura das águas. Pelo que chamaram o nome daquele lugar Baal-Perazim. 1 Crônicas 14.11


O exemplo deixado por Davi no incidente no monte Perazim serve de lição para todas as vezes em que rechaçarmos os ataques do inimigo. Alguns laços foram deixados pelos filisteus, como os seus deuses e o fato de também terem recuado e voltado. Como temia o Senhor, Davi sabia que precisava da autorização dEle para a batalha seguinte. Ao consultar o Altíssimo, foi-lhe dito que fizesse diferente da próxima vez.

Outro ponto a observar era que o recém-empossado rei de Israel sabia que, por sua mão, o Senhor lhe daria a vitória. Por isso, ele se preparava para se apresentar como obreiro que sabia manejar a espada do Espírito – a Palavra. Então, quando partia para a luta, contava com o fato de que o Senhor lhe confiaria a habilidade necessária para vencê-la. Ele sabia ainda que o seu papel era guerrear as guerras de Deus.

A Davi não importava se os filisteus criam em algum deus, se tinham um exército poderoso, porque o mais forte e mais preparado Guerreiro, que jamais perde uma luta, o Todo-Poderoso, estava ao seu lado. Esse filho de Jessé já entrava na peleja certo de que sairia vitorioso e, por isso, não deixava o medo invadir seu coração. É dessa forma que devemos proceder, pois, se temos o Altíssimo a nos guiar, sempre venceremos.

A disposição de Davi é a que devemos ter em qualquer batalha. Em vez de reclamarmos com Deus porque o demônio assolou nossa vida, precisamos marchar firmes para obter sucesso, derrotando o mal enviado para nos destruir. Quem peleja ao lado do Onipotente jamais é vencido ou envergonhado. Aquele que crê nEle é vitorioso.

O rei de Israel confessou que o Senhor derrotou seus inimigos, mas pela sua mão. Tenha isso em mente e, em vez de procurar alguém que faça a oração da fé em seu favor, prepare-se para isso e faça-a você mesmo. Se o Altíssimo podia ser com Davi, também poderá ser com qualquer outro que Lhe serve de coração. É com pessoas como o filho de Jessé que devemos aprender a servir ao verdadeiro Deus.

Davi se tornou uma máquina de guerra, destruindo seus adversários, e sequer foi ferido. Quem tiver o Senhor ao seu lado fará o mesmo. Mas é deste modo que Ele quer nos ver nas batalhas: caminhando de cabeça erguida e marchando para enfrentar o inimigo, sem temer suas ameaças. Quando agimos em o Nome de Jesus, Ele permanece conosco.

A atuação do rei Davi era como o rebentar de um açude, o qual ninguém consegue segurar. Ninguém era páreo para ele, e para todo aquele que faz a vontade divina também não haverá quem possa fazer-lhe frente. Militando com as armas da justiça, nós nos tornamos invencíveis e glorificamos o Senhor.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor das vitórias! A intrepidez de Davi nos fascina e emociona, porém faz um pouco mais, pois nos mostra que esse deve ser o nosso modo de enfrentar os inimigos e guerrear as Tuas guerras. Assim, jamais seremos derrotados.

Adiantou os filisteus levarem seus deuses de ouro para que Davi os cobiçasse e os guardasse para si e fosse amaldiçoado? Ele mandou que fossem queimados! Que lição! Jamais tema o que vier do inimigo. Deus é maior!

Queremos Te ver derrotando o adversário por nossas mãos. Desse modo, muitos Te darão louvores, e outros tantos ficarão admirados ao ouvir falar dos Teus feitos. Que sejamos sempre como o rebentar de um açude. Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Em (2Coríntios 12:2) Paulo fala de um homem que foi arrebatado ao terceiro céu. Ele não disse ao \'\'último céu\'\', sendo assim, imagino que haja mais de três céus....

Podemos imaginar qualquer coisa, mas a Palavra de Deus não menciona o número de céus existentes, de sorte que sabemos com certeza apenas que há, no mínimo 3. Agora, muito...

»VEJA MAIS