ongrace.com

> Mensagem de Hoje

20/05/2019 - SERPENTES VENENOSAS NO MEIO DO POVO

  • Envie por Email
  • Imprimir
Então, o SENHOR mandou entre o povo serpentes ardentes, que morderam o povo; e morreu muito povo de Israel. Números 21.6


Os israelitas se sentiram no direito de culpar o Senhor por mantê-los no deserto, mas os territórios com boas condições de moradia já estavam ocupados por outros povos. Eles não estavam na terra deles por terem tomado uma decisão por si mesmos. Mesmo vivendo em tais lugares inóspitos, eram guardados pelo poder divino. Os hebreus não ficavam doentes, nem precisavam de água. Eram protegidos de tudo. 

Porém, de repente, começaram a surgir serpentes venenosas por toda parte. Com isso, a congregação se alarmou, porque quem era mordido logo morria. Aquela peste estava dizimando as famílias. Provavelmente, havia vários tipos de cobra, e isso seria uma tragédia, porque cada uma tem seu veneno. Atualmente, embora a Medicina esteja avançada, é necessário um soro destinado a cada caso.

Falamos de 3.500 anos atrás, quando não havia antídoto, e os remédios da época não eram eficientes como os de hoje. Então, como tratar de pessoas picadas por serpentes diferentes? O povo caiu em si e viu seu mau procedimento: falar contra Deus e Moisés. Ora, esse tipo de ataque infernal continua ocorrendo. No momento em que uma pessoa ou um grupo peca, o diabo aproveita a brecha, e ninguém pode impedir sua ação. Por isso, vigie e ore! 

Os israelitas foram sábios ao relacionar o mal que os estava afligindo com o fato de falar do Senhor e do Seu servo. Então, oraram, confessaram o erro e foram até o homem de Deus, a fim de pedir a intercessão dele. A pessoa que não procura o Pai celestial e a quem ela agrediu com palavras insanas, nem se acerta com o ofendido, continua a sofrer as opressões comandadas por Satanás. É preciso se arrepender e confessar sua iniquidade!

As serpentes ardentes mataram muita gente e continuariam a matar até dizimar todo o arraial, se o povo não tivesse procurado o servo do Senhor e se consertado com Deus. Ora, enquanto houver pecado, o transgressor estará separado do Altíssimo e desprotegido, sendo vítima do veneno do diabo. No entanto, ao contar e deixar o erro, esse indivíduo volta a ter a cobertura divina sobre a sua vida e, por isso, fica protegida.

Estamos vivendo em uma época difícil, pois, com a propaganda aberta da TV e de outras mídias, o pecado se mostrou atrativo e o afastamento de Deus se tornou real. As pessoas são atacadas pelas tentações em diversas áreas da vida e se submetem às forças do maligno. Sem dúvida, muitas estão laçadas pelo demônio da sensualidade, lascívia e outros.

Quem tem juízo deve servir ao Altíssimo com o coração inteiro, levando seus familiares a darem o melhor de si para fazer a vontade divina. Os sem juízo gostam de observar os acontecimentos na porta larga e, assim, vivem debaixo do jugo do inimigo. Não atenda à sua carne, porque tudo o que provém dela é inimizade contra o Senhor (Rm 8.7). Só os amigos de Deus são protegidos.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus clemente! Aquele arraial seria dizimado pelas cobras em pouco tempo, se os pais não tivessem reconhecido o pecado e se acertado Contigo. Misericórdia para nós, que vivemos nestes dias maus!

Temos falado e feito coisas ruins, e convidado os espíritos maléficos para nos ajudar a enriquecer, ter mais prazer e encontrar solução onde não há. Só Tu és a Porta de saída de qualquer crise. Assim, suplicamos pelo Teu favor.

Afasta de nós os espíritos do sofrimento, pois eles nos causa diversos males. Desejamos Te amar, ter e cumprir Teus mandamentos, porém cedemos às tentações. Perdoa-nos, guarda-nos e dá-nos a Tua benignidade!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Olá, quero saber se orar pela cura, problema de alguem que não conhece a palavra e nao e de Jesus e sem a pessoa saber que essa oração foi feita, tem resultados? Porque...

Quando o Senhor Jesus manda orar pelos que nos perseguem (Mt 5.44), será que isso significa que devemos avisar nosso perseguidor "olha, você está me prejudicando, mas eu...

»VEJA MAIS