ongrace.com

> Missionário Responde

25/05/2005 - A nudez de Adão -

Missionário, gostaria de saber o real motivo que ocasionou a vergonha de Adão, quando Deus o chamou, logo depois de haver comido do fruto proibido. Ele estava nú, mas o que fez ele se envergonhar de sua nudez se não havia a consciência que hoje temos, de que a nudez é uma coisa feia e deplorável! Como, de repente, em um passe de mágica, ele adquiriu a nossa concepção de nudez? Que Deus continue a abençoar o ministério que lhe confiou.

Resposta:
Este espaço é pequeno demais para mostrar todas as verdades embutidas no texto de Gn 3. Não podemos esquecer que se trata de um texto que serve para mostrar como o mal entrou em um mundo perfeito (Gn 1.31), numa linguagem que pudesse ser compreendida por qualquer cultura humana ao longo da História. A solução foi usar uma narrativa simples com as lições compactadas. Ao desobedecer a Deus, o homem sofreu uma mudança brutal na forma como apreende a realidade. A mudança foi tão grande que espantou o próprio Deus (3.11). Ao reagir do modo descrito no texto, o homem demonstrou ao menos três mudanças radicais em seus relacionamentos: (1) consigo mesmo, denunciado por sua tentativa ridícula de cobrir-se, de alterar sua aparência natural. (2) com Deus, pois a antes prazeirosa presença do Senhor agora produzia medo. (3) com o próximo. É particularmente notável que o primeiro casal tenha tentado cobrir ou disfarçar justamente os genitais. Ora, o sexo é a mais íntima relação possível entre humanos e os aventais de folhas nada mais eram que uma demonstração clara de que os relacionamentos interpessoais foram afetados de forma absoluta, como fica demonstrado com a resposta de Adão a Deus, jogando a culpa em sua esposa. Em suma, antes da queda o homem se aceitava como era (e isso inclui a atividade sexual) sem nenhuma restrição. Tinha prazer em estar face a face com Deus e se entendia de modo pleno com seus semelhantes (no caso, sua esposa). Após o pecado, tudo isso mudou radicalmente, para muito pior.


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração