ongrace.com

> Missionário Responde

05/12/2005 - Empresário Cristão - Comportamento

Missionário R.R. Soares é comum ouvir os Pastores durante as pregações sobre prosperidade dizerem aos fiéis que muitos poderão se tornarem empresários. Minha dúvida é quanto ao ramo de atividade, pois muitas coisas que se comercializa, se faz ou se produz não estão de acordo com a palavra e também não agrada a Deus. Cito como exemplo um Supermercado que tem uma variedade muito grande de ítens e dentre eles bebidas alcóolicas, cigarros, roupas, etc. Poderia o Cristão Empresário ser proprietário de uma empresa com essas características?

Resposta:
Isso vai depender da consciência e do grau de compromisso de cada um com o Senhor e Sua Palavra (1Co 10.23). Eu, por exemplo, não vejo problema algum em um dono de supermercado não vender cigarros ou bebida alcóolica. Há redes de lanchonetes que faturam bilhões e não vendem álcool ou cigarros. Há redes de locadoras de vídeo extremamente bem-sucedidas que não oferecem filmes pornográficos para alugar. É mentira do diabo achar que para se progredir no comércio é preciso vender o que não presta e fazer o "jogo do mercado". Leve a Palavra a sério e vc prosperará (Sl 1).


PERGUNTAS RECENTES

> Pedido de oração

Pedido de oração