22/01/2020 - NOS DIAS EM QUE JUDÁ SERIA SALVO

Nos seus dias, Judá será salvo, e Israel habitará seguro; e este será o nome com que o nomearão: O SENHOR, Justiça Nossa. 

Jeremias 23.6

A Igreja de Jesus não deve temer as ameaças do império das trevas. O diabo que, em outras épocas, buscou riscá-la do mapa não perdeu seu apetite e sua determinação de destruí-la e usará a sua capacidade maligna para que isso ocorra. Porém, a Igreja edificada por Cristo derrubará as muralhas erguidas pelo inimigo, as quais tentam barrar seu progresso (Mt 16.18). Em o Nome de Jesus, venceremos sempre. A Deus seja a glória!

Judá, o povo santo, já foi salvo e não corre mais o risco de se perder, desde que permaneça fiel ao Salvador. Nada podemos fazer para evitar a perdição que durará para sempre, a não ser crer no que Jesus fez em nosso favor. Embora todos digam que a Igreja não suportará a vinda do anticristo, sabemos que o Senhor dará a ele um fim horrível e merecido. Com o sopro da Sua boca, Cristo irá desfazê-lo (2 Ts 2.8)

Somos salvos do poder do pecado, da doença e de todas as maldades feitas pelo diabo na vida de quem lhe dá acesso ou não repreende a sua ação. A porta que ele usava para chegar até nós foi fechada pelo Salvador e nunca será reaberta. Portanto, devemos descansar no Senhor. Caso estejamos cansados e sobrecarregados, Jesus nos faz este convite: Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei (Mt 11.28-30).  

Vivemos os dias do Renovo de Davi, o Messias, que recebeu do Pai todo poder nos Céus e na Terra. Por isso, Ele é chamado de Todo-Poderoso. Creia na Bíblia, pois ela declara que, por intermédio de Jesus, somos feitos filhos de Deus. Só esse fato seria suficiente para nos alegrarmos, porque significa que jamais pereceremos e teremos mais, como cura, prosperidade e demais bênçãos.

A nossa posição espiritual em Cristo não sofrerá nenhum abalo, por mais que o diabo nos odeie e deseje nos tirar da presença divina. Somos salvos de suas tentações e seus ataques, e o mais importante: habitaremos seguros hoje e sempre. Eis a promessa de Deus: nenhum mal nos sucederá, nem praga alguma chegará à nossa tenda (Sl 91.10). Não há comparação entre os servos do Altíssimo e os perdidos.

O mais importante é o Nome com o qual Ele é nomeado: O Senhor, Justiça Nossa. Logo, devemos ficar tranquilos, pois o diabo jamais nos vencerá em suas tentativas. Quando estiver diante de uma pessoa oprimida pelo diabo e for expulsar o demônio dela, creia que você tem autoridade, em o Nome de Cristo, para expulsá-lo.

Além de Deus ser a nossa Justiça, a qual nos promove a um patamar seguro e importante, somos a justiça do Pai em Cristo. Diante de tudo o que a Palavra fala a nosso respeito, precisamos dar a Ele a honra, a glória e o louvor. O Senhor nos fez ser membros do Corpo de Cristo. Aleluia!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares