23/01/2014 - A FORÇA DOS SALVOS

Também vos digo que, se dois de vós concordarem na terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus.

Mateus 18.19

Jesus fez uma revelação importante nesse versículo, ao afirmar que, se a Igreja ligasse algo na Terra, isso seria ligado nos Céus, e, da mesma forma, tudo o que ela desligasse na Terra seria desligado nos Céus. Isto é além da imaginação: nós temos tal poder! Sem dúvida, nas Escrituras, ainda há muito a nos ser revelado. Nossa parte na salvação é muito grande.

Por sermos membros do Seu Corpo, possuímos um poder maior do que imaginamos. Não podemos nos adiantar em nada, nem mesmo no desejo de saber mais. Quando tivermos capacidade, ou for da vontade do Pai, seremos informados de maravilhas que surpreenderão todo o povo de Deus. A obra do Senhor precisa que vivamos em santidade e fé ao mesmo tempo.

Eliseu conseguia ouvir o que se passava em Damasco, no palácio do rei da Síria, distante uns 300km de Samaria. Se houver necessidade, e se fizer parte do plano divino, poderemos ouvir toda a conversa que se trava do outro lado do mundo. O que foi escrito a respeito das conquistas dos heróis da fé é uma mensagem do que o Altíssimo pode fazer por nós e por nosso intermédio. Só precisamos estar, de fato, servindo a Ele.

O Espírito Santo veio para nos ajudar a fazer a obra. Ele ouve o que a nosso respeito é dito e transmite-nos. Ele nos avisa do que virá e nos revela o que podemos obter da fé. Ele é o outro Consolador que o Pai enviaria (Jo 14.16). O futuro da obra do Senhor será lindo, pois Ele não perderá a batalha para o inimigo. A responsabilidade dos que fazem a obra é grande; por isso, fomos advertidos da vinda de escândalos (Mt 18.7; 2 Co 6.3).

Como salvos, temos de aprender a andar na atmosfera divina para resistir às tentações e a fim de que a Palavra não fique infrutífera. É importante lembrar que as tentações não vêm somente com desejos de adultério e fornicação, mas também por meio da fascinação por riquezas, liderança e da ambição por outras coisas. Os pastores fariam um bem grande a si, se considerassem uma oferta de sociedade em uma empresa como se fosse uma cantada de adultério. Fujam!

Quando os homens de Deus são maduros na fé e, verdadeiramente, servem ao Senhor, eles podem ser usados pelo Santo Espírito para grandes realizações na obra divina. Assim, ao orarem determinando algo aqui na Terra, isso já será uma obra feita no mundo espiritual. Se for o caso de desligar algo prejudicial ao trabalho do Senhor, aquilo será desfeito.

Precisamos de verdadeiros servos de Deus em nosso meio, pois o trabalho dEle é bem grande. Assim, os recursos virão, e as mentiras serão desmascaradas. Os heróis da fé fizeram isso no passado ao subjugar reinos, praticar a justiça e obter promessas. Prepare-se para ser muito usado pelo Onipotente.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares