08/04/2015 - NÃO SEJA LOUCO

Não sejas demasiadamente ímpio, nem sejas louco; por que morrerias fora de teu tempo?

Eclesiastes 7.17

Há pessoas que estão sempre cercadas de problemas. Se o inimigo não as ataca de modo direto, elas nem percebem que, indiretamente, ele está usando alguém para tirar a paz delas e, por isso, estão constantemente em situações difíceis. Em vez de se voltarem para Deus, apesar do toque do Santo Espírito em seus corações, afastam-se do Senhor e seguem o curso deste mundo, que é mal e dirigido pelo maligno.

Os sensatos vivem longe de confusões, evitando se envolver em situações ruins. Eles são tentados como os demais, mas o temor do Senhor os impede de seguir as sugestões do espírito da sedução. Para eles, o que mais lhes dá prazer e chama a atenção são as oportunidades de provar que amam a Deus. Com isso, sempre demonstram que vale a pena confiar no Altíssimo.

É preciso entender que o mal não entrou na Terra à toa, mas veio como um enviado do demônio para destruir vidas. Desde a queda de Adão, são milhões de pessoas que se deixam fascinar pelas mentiras do inimigo e, com isso, caminham para o desespero e a morte. Quem sofre com as suas más ações? Certamente, elas mesmas. Por incrível que pareça, muitas acham que, agindo errado, estão fazendo o Senhor sofrer. Que incoerência!

É prudente evitar o louco e suas atitudes irracionais, pois o que pode suceder sempre será o pior. Se tiver de escolher entre o louco e o homem desesperado, o qual está sujeito a se precipitar por terem sido roubados os seus filhos (Pv 17.12), prefira este ao que não tem o juízo perfeito. Afinal, a crise do desesperado é temporária, enquanto a do louco é praticamente irreversível. No entanto, a boa notícia é que Jesus tem poder e quer libertar o homem de toda a opressão.

O louco não é somente a pessoa que está privada de suas faculdades mentais, mas também aquele que afirma não reconhecer a soberania divina, o que pode causar a ele um mal muito maior, mesmo que seja alguém carismático ou possuidor de diploma de doutor em alguma ciência. O triste é que, várias vezes, muitos optam por tal caminho por querer ser diferente dos demais. Pobre criatura!

As advertências divinas devem ser levadas a sério, para não cairmos em tentação, pois, quando algo for resolvido no domínio espiritual, será muito difícil reverter tal decisão. Se examinarmos bem, veremos que  tudo de ruim que nos ocorre decorre de uma atitude incorreta da nossa parte. Por tal motivo, precisamos pautar as nossas ações pela Palavra; assim, podemos mudar nossa caminhada.

Um dos segredos para viver bem é não recusar as direções do Altíssimo, ficar firme no que nos foi revelado e estar disponível à nova orientação do Espírito Santo. Fique atento para o fato de que Ele nos guia na Palavra, sem desprezar os Seus mandamentos, pois o Pai eterno é a nossa sabedoria e o nosso entendimento.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares