24/04/2015 - CUIDADO COM AS ARMADILHAS

Todos os que querem mostrar boa aparência na carne, esses vos obrigam a circuncidar-vos, somente para não serem perseguidos por causa da cruz de Cristo.

Gálatas 6.12

Há uma maneira de não cairmos na lábia de obreiros sem compromisso com a Verdade: olhando para o modo como vivem. Os cuidadosos no vestir, no falar de si mesmos e em desprezar quem ainda não prosperou na fé, sem dúvida, não são bons mestres. Por isso, são capazes de nos levar a situações que nos comprometerão, se não vigiarmos e não estivermos firmes no que Deus fala pela Palavra.

As pessoas presunçosas não possuem o Espírito do Senhor, porque Ele resiste aos soberbos e só dá graça aos humildes. Elas podem simular, ser bem carismáticas, mas isso não significa que o poder divino opera nelas. Por isso, dos lábios delas jamais sairá um recado dos Céus, e sim palavras que nos prejudicarão.

Os vaidosos espirituais gostam de se mostrar sábios e bem-sucedidos; com isso, às vezes, não se importam em transmitir uma falsa mensagem, desde que atenda ao seu ego. Ora, é perigoso ser ensinado por quem não tem o Espírito de Deus, porque, dependendo da submissão dessa pessoa ao inimigo, ela pode ser usada para nos arruinar completamente. De uma fonte de água doce não pode sair água amarga.

Para não serem perseguidos ou desconsiderados, os falsos obreiros se ajustam a qualquer vento doutrinário ou procedimento social. Quem não tem compromisso com a Verdade não pensa duas vezes em contar uma mentira. Se alguém não ama Jesus, poderá amar você? A pessoa que não quer servir a Deus já se entregou ao inimigo e, por isso, na hora que o diabo quiser, será usada do modo que ele deseja.

A cruz de Cristo é um divisor entre as pessoas; porém, não operará por si mesma. Somente quando você crê na obra realizada por Jesus ao ser morto nela, o diabo faz as pessoas que pertencem a Deus evitarem você. Porém, isso não deve servir de motivo para você abandoná-las, mas, sim, para se aproximar delas e levar-lhes o amor de Deus. A cruz deve servir como um atrativo para quem não é do Senhor.

Não há por que se envergonhar da obra que o Senhor fez em seu favor, quando morreu no Calvário. Foi ali que a sua sorte mudou; sem esse sacrifício, o diabo continuaria a agir como senhor da sua vida, fazendo-o sofrer. Agora, que você é propriedade divina, está livre das influências malignas e, por isso, deve fazer a sua fé soar bem longe.

A cruz de Cristo nos conduziu para Deus, fazendo-nos servos da humildade, da santidade e do temor ao Senhor. Foi nela que Jesus entregou a própria vida e nos comprou para o Pai. Por isso, não precisamos temer ou nos iludir com as mentiras do inimigo. 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares