10/06/2015 - ATITUTES APÓS INVOCAR A DEUS

Então, me invocareis, e ireis, e orareis a mim, e eu vos ouvirei.

Jeremias 29.12

Jeremias foi usado para admoestar o povo de Judá – levado para o cativeiro babilônico – a construir casas na Babilônia e estabelecer a vida naquela nação, onde ficaria por 70 anos (v. 5). As Escrituras continuam a nos advertir a respeito de um grande mal que ronda a humanidade, buscando levá-la para mais um cativeiro. No entanto, a permanência nesse local, para onde os desobedientes serão enviados, não será de apenas alguns anos, mas para sempre, e os condenados jamais serão libertos de lá.

O profeta prosseguiu dizendo que Deus não Se esquecera dos pensamentos que tinha a respeito daquele povo, os quais eram de paz, e não de mal, para  dar àquela gente o fim que desejava. O mesmo se pode dizer de nós; porém, infelizmente, há muitas pessoas que foram salvas, começaram a seguir Jesus por muitos anos e, depois, por darem ouvidos aos demônios, desviaram-se. Hoje, caminham para o suplício eterno. Que dor!

Não era fácil para aquele povo estar naquela “escola”, mas, como foi rebelde à boca do Senhor, essa foi a melhor alternativa encontrada por Deus para ensiná-lo a ser obediente e fiel. Se você está, hoje, sob alguma provação séria, não se insurja contra a sabedoria divina. Perceba que, por amar você e não querer o seu prejuízo eterno, o Pai lhe chances de se acertar com Ele e, assim, sair dessa “escola” aprovado como obreiro da Verdade.

Para Judá, o Altíssimo prometeu que, quando findasse o tempo determinado de 70 anos, aquela gente O invocaria, e Ele a libertaria. O seu tempo é agora. Se deixar para fazer isso nos últimos dias da sua vida ou depois da morte, você descobrirá que tomou uma atitude muito tarde e, com isso, sua oportunidade passou. Não perca tempo! Aprenda com o Senhor e saia da opressão de Satanás.

O povo de Judá seguiria seu caminho e poderia constituir-se como nação novamente, com tudo nos seus devidos lugares. Pegue o que o Altíssimo lhe tem falado por meio da Palavra e marche firme para realizar a vontade dEle. Os pensamentos do Pai a seu respeito são maravilhosos, puros e saudáveis. Tome a decisão mais importante da sua vida, saindo do reino das trevas e entrando no Reino de Jesus.

Quando aquelas pessoas fossem libertas, seus direitos seriam restituídos, dentre eles o de orar ao Senhor e ser ouvido. Na verdade, o Todo-Poderoso nunca as desamparou, mas, agora, depois de terem aprendido a lição, Ele queria atender aos seus pedidos. O mesmo se pode dizer sobre você, pois Aquele que nunca falha nem jamais deixa de amá-lo deseja restituir suas prerrogativas de filho e atender às suas necessidades.

Não há nada melhor do que respeitar a Palavra, cumprindo tudo o que Deus tem determinado, pois, quando chegar qualquer enviado do inimigo ou alguma peste, problema ou outro mal, os que forem achados cumprindo as exigências bíblicas serão abençoados. Hoje é o dia de assumir a sua vitória. Portanto, agora que você se encontra diante do Senhor, abra o seu coração e se acerte com Ele.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares