01/10/2015 - UM ATO JÁ REALIZADO

O exilado cativo depressa será solto e não morrerá na caverna, e o seu pão lhe não faltará.

Isaías 51.14

A Boa Notícia trazida pela mensagem de Cristo é a mais preciosa que um coração preso a paixões e tristezas por causa do pecado pode ouvir. Quem se deixou levar pelas ofertas do inimigo se encontra exilado da presença de Deus e, ao mesmo tempo, cativo nas mãos do arquiinimigo da humanidade. Para essa pessoa, não há nada que a faça feliz, e o pior é que ela sabe que, se morrer nessa situação, irá para a perdição eterna.

Adão tinha condições de dizer não à serpente que enganou Eva, mas, deliberadamente, deixou-se levar pela mentira da velha cobra. Então, vendo que perdera a comunhão com o Senhor, em vez de procurá-Lo e confessar o seu erro, escondeu-se de Deus. Ele deveria estar diante dEle para ser perdoado, mas optou pelo caminho do sofrimento. Não é isso que tem feito muita gente iludida com as ofertas do Inferno?

Ao criar o plano da salvação, o Altíssimo não o fez de qualquer modo, mas, como tudo o que realiza, planejou-o e executou-o bem. Essa obra é a melhor que poderia ter sido projetada para libertar o homem das mãos do inimigo. Não há um só ponto fraco ou mal feito na redenção efetuada pelo Filho de Deus; ela é completíssima em todos os sentidos. Quem ouve e crê no Evangelho é salvo de verdade.

Antes de enviar Jesus para nos salvar, o Todo-Poderoso deu a Sua Palavra de que o exilado cativo seria solto depressa. Isso já ocorreu, pois, após pagar o preço da redenção, Cristo ressuscitou dentre os mortos. Em Sua ressurreição, Ele levou cativo o cativeiro e, hoje, quem ouve o que Jesus fez em favor da humanidade e crê nEle, pode se considerar livre daquele momento em diante, porque isso é a mais pura verdade.

O exilado cativo não morrerá na caverna, pois ela foi levada cativa para sempre. Não importa o quão longe você tenha ido na loucura do pecado; se crer agora e invocar o Nome do Senhor, imediatamente, o inimigo perderá o poder de mantê-lo em suas mãos. Creia agora e se declare livre completamente. A obra de Cristo nunca será cancelada; ao invocar o seu direito nela, você se torna parte e pode desfrutar dela.

Depois de ter reconhecido o que Deus fez por você, declare a sua liberdade. Porém, fique esperto, porque, pelo fato de ter vivido sob a condenação por muito tempo, o diabo tentará mantê-lo em cativeiro. Preste atenção a este ponto importante: leia diariamente a Bíblia, pois nela você encontrará o Pão que lhe dará forças para viver na posição de livre do pecado e de seus enganos. Viva a liberdade!

Deus promete livrá-lo depressa. Então, tendo crido na Palavra, você receberá a salvação e, alimentando-se do Pão celestial, irá se fortalecer a ponto de nunca mais ter de se dobrar ante alguma tentação. Esta é a hora mais propícia para assumir o seu lugar em Cristo e reinar sobre o que lhe diz respeito.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares