15/02/2016 - CONDIÇÃO ESSENCIAL PARA SER ABENÇOADO

Então, disse Jacó à sua família e a todos os que com ele estavam: Tirai os deuses estranhos que há no meio de vós, e purificai-vos, e mudai as vossas vestes.  

Gênesis 35.2

Depois do incidente com Siquém, filho de Hamor, os filhos de Jacó, irmãos de Diná, que havia sido estuprada pelo jovem, usaram um estratagema para vingar a honra da família (Gn 34.1,2). Diante dessa situação, Jacó recebeu a direção de Deus: erigir um altar em Betel e pedir que sua família e seus servos se livrassem dos deuses estranhos, porque estes poderiam atrapalhar a caminhada que fariam até o lugar destinado pelo Senhor. Faça um altar em sua Betel, a Palavra, onde Deus Se revelou a você.

O povo de Jacó deveria fazer três coisas: tirar os deuses estranhos do seu meio, purificar-se e mudar suas vestes. Hoje, essa mensagem é simbólica para nós. Aqueles que são oriundos de qualquer religião sempre trazem consigo objetos dessas crenças que os prejudicam muito. Se não se livrarem deles logo, em um momento de provação, sem perceber, poderão utilizá-los e serão derrotados.

Há muita gente que também precisa se livrar de “deuses” cultuados e servidos no secreto de seus corações, como a prostituição, o adultério, a mágoa etc. Jamais deixe que figuras ou práticas da devassidão ocupem o seu coração, pois, se você se inspirar e se realizar nessas coisas, dará guarida ao inimigo. Como um abismo chama outro, muitos demônios lhe causarão males.

Os deuses estranhos eram objetos que eles cultuavam como os que a própria Raquel, esposa de Jacó, tomou do seu pai para si, gerando tropeço em sua vida (Gn 31.34). Outras pessoas adquirem ou fazem coisas repugnantes aos olhos de Deus e de quem Lhe serve. Esses “bonecos” têm poder semelhante ao do imã para atrair demônios e causar malefícios, por isso devem ser quebrados, despedaçados, lançados fora e jamais transferidos a outrem.

Eles deveriam se purificar para que o Senhor agisse em favor deles, pois as operações divinas poderiam ser impedidas, se houvesse alguém no meio daquele povo que tivesse o coração aberto para as coisas malignas. De fato, isso tem acontecido com pessoas que ainda possuem objetos ou desejos malignos escondidos. Jesus disse que a libertação realizada por Ele é completa; portanto, livre-se de tudo o que é mau.

Também deveriam mudar suas vestes a fim de que as coisas mundanas não lhes norteassem a vida, prejudicando-os diante das pessoas e de Deus. Jesus disse que, na festa nupcial, se alguém for encontrado sem as vestes apropriadas, será lançado nas trevas exteriores, que significa a condenação eterna (Mt 22.12,13). Por que guardar lembranças de demônios, mantendo apego por elas, se isso o prejudicará?

A palavra que Jacó deu à sua família e aos que estavam com ele é a mesma ensinada por Cristo em Seus dias na Terra. Como você é sal da terra e luz do mundo, a sua justiça tem de exceder em muito a dos escribas e fariseus (Mt 5.20), para entrar no Reino dos Céus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares