02/09/2018 - DEUS VÊ OS NOSSOS PASSOS

Porque os olhos de Deus estão sobre os caminhos de cada um, e ele vê todos os seus passos.

Jó 34.21

O Altíssimo presta atenção aos acontecimentos da vida de cada um, vendo os seus passos, suas decisões e o seu coração. Ninguém consegue enganá-Lo, pois, além de perfeito, Seus olhos veem tudo como realmente é. Aos olhos de Deus nada escapa; Ele enxerga aquilo que o homem não pode ver.

O Pai celeste zela sempre pelos Seus filhos. Por isso, tocar em um só dos Seus ungidos é como tocar na menina dos Seus olhos (Zc 2.8). O prazer dEle é nos ver vencendo as tentações e agindo como filhos da luz. Quando um cristão esfria na fé, o Senhor Se achega àquele coração, para que se aqueça na fé de novo e seja verdadeiramente vitorioso. O diabo não pode fazer nenhuma maldade com os filhos de Deus, a menos que estejam em pecado. O Altíssimo é fiel!

Quando alguns se deixam levar pela vaidade, perdem muito; porém, ao serem humildes, o Senhor os abençoa, porque se tornam o Seu deleite. O homem não pode se orgulhar de coisas que não fez nem do que ele não é. Somente a misericórdia divina nos levanta e nos mantém preparados para vencer as situações adversas. Fora da humildade, não ficaremos de pé diante de Deus.

Toda boa ação será recompensada pelo Altíssimo. Se passarmos pelo teste com boa nota (e por que não conseguirmos sempre dez?), Ele dará uma missão nova e maior para os submissos a Ele. As obras em prol da Igreja na Terra e, depois, no mundo porvir, têm um alto valor a todos os chamados segundo a vontade divina. Portanto, continue fiel!

Nos planos do diabo, muitos se envaidecerão a ponto de servirem ao inimigo e desprezarem as pessoas, considerando-se os melhores. Triste é ver isso na vida de muitos salvos, lavados no sangue do Cordeiro e, portanto, preparados para viver ao lado do Salvador. Quem se desviar dos caminhos do Senhor provará o quanto o diabo é perverso. Deus é bom! 

Aquele que vive na carne e se desvia do bom Caminho não será considerado bem-aventurado. Então, por que trocar a Fonte da bênção pela oferta do inimigo, se este jamais fala a verdade? Quem não faz o bem despreza a própria vida e está longe da fé em Jesus. Creia: os chamados pelo Altíssimo jamais serão envergonhados, mas os que trilham as veredas da porta larga precisam ser libertos com urgência. Deus nos ama! 

Pense bem e responda: é bom perder a recompensa celestial? Por que deixar o maligno usá-lo, e não o Senhor dos Céus e da Terra? A sua resposta conta muito diante de Deus, pois quem não serve a Ele serve ao maligno. Há duas portas pelas quais escolhemos onde passaremos a eternidade. A porta larga conduz à perdição; a estreita, aos Céus.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares