27/09/2018 - A INIMIZADE JÁ FOI DESFEITA

Na sua carne, desfez a inimizade, isto é, a lei dos mandamentos, que consistia em ordenanças, para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz.

Efésios 2.15

O Príncipe da Paz não falhou na missão mais importante que recebeu do Pai: reconciliar-nos com Ele. Cristo veio para estabelecer a paz entre Deus e o homem, no Seu sangue puro, pagando o preço no seu justo valor. Não é preciso fazer mais nada para desfrutarmos dos nossos direitos reservados no Senhor. Quem crê no Salvador é salvo da perdição eterna, nasce de novo e se torna vencedor!

Havia um muro espiritual impedindo-nos de ter comunhão com o Altíssimo, porém, com o sacrifício de Seu Filho, acabou essa separação. Uma das obras de Jesus foi fazer dois povos – gentios e judeus – serem um só. Agora, quando O aceitamos, somos considerados filhos de Abraão. Por causa do sangue de Cristo, o qual nos limpa de todo pecado, tornamo-nos filhos do Altíssimo. Seja salvo agora!

A Palavra garante que, na própria carne, Jesus desfez a inimizade. Então, só falta recebê-Lo como seu Substituto, para que o sangue dEle vertido no Calvário o limpe completamente. Então, em um abrir e fechar de olhos, você será uma nova criatura, livre da condenação eterna. Os salvos não entrarão em juízo, porque as suas culpas foram pagas pelo Salvador. O que você diz?

Isso não acontecia na Lei. O inimigo aproveitava o fato de a pessoa transgredir algum mandamento para oprimi-la. Agora, na Nova Aliança, o transgressor não precisa se desesperar, pois não terá de sofrer castigo algum, desde que confesse seus pecados. Assim, o Deus fiel e justo o perdoará dos seus pecados e o purificará de toda injustiça (1 Jo 1.9). Porém, se alguém brincar de pecar, não será perdoado!

A Lei de Moisés consistia em ordenanças impossíveis de serem guardadas, por isso não havia um justo sequer. No entanto, a vinda de Jesus nos libertou dessa Lei e, agora, estamos na Lei perfeita da liberdade – o Evangelho. Não mais morremos, desde que não voltemos ao chiqueiro do diabo, para cometer os erros de antigamente. Portanto, se cometer iniquidade, confesse-a logo e receba o perdão de Deus. 

Jesus veio com um propósito especial: criar um novo homem. Quem O aceita como Salvador transforma-se na pessoa planejada pelo Pai, sem a culpa do pecado, pois não é mais serva do diabo. Por que viver longe do Altíssimo, se o sangue de Cristo o levou para perto do Pai? Aproveite a oportunidade para nascer de novo, ser cheio do Espírito Santo e caminhar ao lado do Senhor para sempre! Aleluia!

A morte do Salvador selou o nosso destino eterno nos Céus, livrando-nos de tudo o que nos prendia nas mãos de Satanás. Então, passamos a ser filhos do Altíssimo e membros de Corpo de Cristo. Temos de aproveitar que a paz com Deus já foi feita!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares