07/08/2019 - DAVI CONSEGUIU O QUE PRECISAVA

E, sendo Saul avisado de que Davi tinha fugido para Gate, não cuidou mais em o buscar. 

1 Samuel 27.4

Davi não mais precisava se preocupar com a decisão de Saul – de matá-lo. Sendo avisado da fuga de Davi, Saul se deu por satisfeito. O filho mais novo de Jessé não fora a Gate por acaso, e sim como parte de uma nobre missão, a qual, mais tarde, ele entenderia. Não considere os momentos de paz como descanso, e sim oportunidades para buscar o Senhor.

É verdade que Davi não podia ficar achando que o seu oponente não procuraria, de algum modo, dar cabo de sua vida, com arma, veneno, ou “acidentalmente”. Da mesma forma, jamais considere que o Inferno desistiu de acabar com você ou tentar corrompê-lo. Às vezes, você vence uma tentação, mas outra pior se aproxima da sua vida. O diabo tem o propósito de roubar, matar e destruir (Jo 10.10a).

Em todo o tempo, devemos buscar a Deus, mas, quando tudo se acalma, devemos orar para saber qual é a vontade dEle. Pobre do cristão que resolve descansar da obrigação de orar continuamente (1 Ts 5.17)! Essa atitude já é uma vitória do reino das trevas. Fique firme na fé no Senhor toda vez que uma tentação se aproximar. Nada acontece conosco por acaso.

Mesmo na alegria e durante a comunhão familiar, ouça a voz de Deus, porque a sua luta só terminará no final da carreira, a qual se dará quando o Altíssimo quiser. Na leitura e no examinar das Escrituras, você entenderá o que Deus está lhe falando. Quem lê a Bíblia sem atenção e ignora a revelação andará cego espiritualmente. Quem tem olhos veja (Mt 13.16)!

Saul só teve a vida poupada, porque Deus é bom para com todos (Mc 10.18). O mesmo acontece com você! Muita gente que o persegue ou lhe faz mal não será destruída porque, na Sua infinita misericórdia, o Senhor está estendendo ao ímpio a possibilidade de ser salvo. Porém, depois que o martelo for batido, e a sentença proferida, os incrédulos não terão outra chance.

Nunca sugira a Deus o que fazer com alguém, para não ser achado em falta. É claro que Ele jamais dará atenção a pedidos como esses. Não queira ser responsável pela perdição das pessoas, e sim pela salvação delas. Ame seu próximo como Jesus o ama. Como têm sido as suas orações?

Saul não entendeu que Davi não fugiu, mas se ausentou da presença do perseguidor por algum fato encoberto. Porém, quando o Senhor desse um basta naquela situação, Davi voltaria para assumir o reino que já era dele. O servo de Deus nunca deixará de ser retribuído; afinal, um Labão nunca rouba um Jacó.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares