10/10/2019 - OUÇAM O AVISO PROFÉTICO

Anunciai em Judá, e fazei ouvir em Jerusalém, e dizei: Tocai a trombeta na terra! Gritai em alta voz, dizendo: Ajuntai-vos, e entremos nas cidades fortes!

Jeremias 4.5

Como sempre ocorre com as pessoas sem o temor de Deus, que só buscam bênçãos materiais, o povo de Judá se deixou levar pela abundância de pão e pelos assuntos carnais. Assim, não atendeu aos avisos dos homens que falavam por ordem divina. O Senhor, que tem presciência, avisava por intermédio de seus profetas que o inimigo viria e destruiria a terra. No entanto, isso soava como algo improvável de acontecer, mas o dia chegou.

Em nosso tempo, vemos até nas igrejas indivíduos que só pensam nos prazeres da carne e andam atrás do que é proibido. Alguns consideram que as advertências bíblicas vêm de quem não tem “boa cabeça”. Os habitantes de Judá não podiam acreditar que, por terem o templo de Deus em Jerusalém, a sua terra seria visitada pelo mal. Eles criam que o bem existente lá cresceria e seria infindável, diferentemente das profecias de Jeremias.

A ordem era para que gritassem a todo o reino e proclamassem em Jerusalém que a devastação seria total e eles seriam enviados ao cativeiro. No entanto, por pouco, não mataram o profeta que falava em Nome do Senhor. Em vez de dar o alarme do que viria sobre eles, preferiram acreditar naqueles que falavam segundo as próprias concupiscências. Então, o fim veio rápido!

Apesar do aviso divino, o povo, acostumado às práticas erradas, recusou-se a se voltar para o Senhor e, um pouco depois, foi parar na Babilônia. Uma grande tragédia ocorrerá com aqueles que endurecem o coração e se entregam ao pecado. Embora Deus envie Seus servos para avisar da destruição eterna, a maioria os chama de fanáticos. Mas ela acontecerá!

O amor de Deus pela humanidade O fez elaborar o plano de salvação desde quando o primeiro casal pecou. O Altíssimo usou os Seus profetas para advertir as pessoas. Foi um projeto perfeito, capaz de dar a todos a salvação, mas muitos não quiserem crer nEle. Até hoje, há quem feche os ouvidos à voz divina. Depois, quando Deus fechar as portas, procurarão por ajuda desesperados e não a conseguirão.

Jesus elencou uma série de sinais que antecederiam à Sua volta, e muitos já se cumprem, inclusive a falta de zelo pelas coisas de Deus. Vemos e até entre os “salvos” a busca por ouro, bens materiais e obras da carne. Nunca se viu tanto descaramento. Os assuntos da vida são banalizados de tal forma, que somos tidos como loucos quando falamos sobre a verdade do Juízo final.

O Senhor disse a Jeremias que dissesse à casa de Davi que se reunisse, corresse e fugisse para as cidades protegidas, mas ninguém deu atenção. O alarme tem soado! Deus está santificando Seu povo e dando-lhe poder para vencer as mentiras do inimigo. Os sábios ainda creem no Pai celestial. E você?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares