ongrace.com

> Mensagem de Hoje ...

23/06/2017 - O ÚLTIMO AVISO

  • Envie por Email
  • Imprimir



Cessa, filho meu, ouvindo a instrução, de te desviares das palavras do conhecimento. Provérbios 19.27

Quando somos instruídos em algum assunto, devemos entender que isso aconteceu para não sermos derrotados pelo inimigo. Porém, somos tentados a pensar que fomos socorridos, porque agimos bem. Não é isso que o Senhor fala nas Escrituras. Ele diz que a instrução vem para guardarmos as palavras do conhecimento. Então, se fomos salvos, o Altíssimo nos deu o necessário para obedecermos a elas até o fim da nossa caminhada.

A orientação que nos leva à vitória serve de alerta para não nos afastarmos dos preceitos divinos. Ela é uma ajuda extra de Deus. Não é à toa que a Palavra nos adverte: o maligno anda ao nosso derredor rugindo como um leão, procurando a quem possa tragar (1 Pe 5.8). Devemos resistir ao inimigo, usando o poder do Senhor em o Nome de Jesus. Então, o diabo fugirá da nossa presença (Tg 4.7).

Guardar as palavras do conhecimento é uma ordem expressa de Deus. Aquele que não obedecer a ela verá terríveis coisas acontecerem. Quem se afasta da Luz cai nas trevas e se torna vulnerável aos ataques do maligno. As declarações bíblicas lhe proporcionam esclarecimento e trazem o poder para protegê-lo. Não é bom desprezar o bem e entregar-se ao mal.

Não importa o bem que a instrução tenha feito a você; ela pode ter sido uma das últimas coisas que Deus usou para abrir seus olhos – um ato de misericórdia. Ao vê-lo prestes a ser atacado pelo diabo, o Senhor o ajudou de modo especial. Se continuasse desprezando a sabedoria dEle, você seria destruído. Ela não existe com o propósito de justificar o seu erro, mas para reconduzi-lo à sensatez!

Desviar-se da Verdade nem sempre é algo decidido ou programado, mas uma indução do diabo, por isso precisa ser rejeitada. Quem não age de acordo com a Palavra cai. A diretriz do Altíssimo, além do bem-estar que nos proporciona, é uma advertência a voltarmos ao primeiro amor. Se seguir o caminho das trevas, você passará por tribulações e dores. A saída é deixar as veredas tortuosas.

Por compaixão, o Senhor nos avisa sobre os perigos à nossa volta. A fascinação das riquezas, os cuidados da vida e outras ambições fazem a Palavra ficar infrutífera (Mc 4.19). Se essas três coisas não forem repreendidas, continuarão a nos tentar, levando-nos para longe da presença divina. Então, chegará a hora em que sucumbiremos e perderemos as batalhas. Há muitos salvos que não mais conseguem resistir às tentações. 

Toda vez que receber uma admoestação de Deus, examine o seu coração e, consciente do seu erro, vá aos pés dEle, confesse seus pecados e aceite a Sua infinita misericórdia. Assim, você viverá como nos dias em que foi salvo, quando tudo dava certo e o Pai operava maravilhas em seu favor. O Senhor é o mesmo (Hb 13.8); portanto, volte para Ele!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, nosso Socorro nas tribulações! Como o homem se engana quando não conhece a Tua Palavra! No entanto, ao ser instruído, ele tem condições de viver bem ao Teu lado. Devemos seguir-Te sempre.

Queremos Te agradar, viver as Tuas recomendações e não nos desviar dos Teus caminhos. Muitas vezes, a carne nos domina completamente. Mas, agora, tendo sido admoestados por Ti, decidimos voltar ao primeiro amor. 

Fala conosco sempre e não nos deixes desviar dos Teus preceitos. Jamais desejamos que o inimigo reine em nossa vida. Desejamos Te agradar e fugir das mãos do maligno. Assim, desfrutaremos da Tua presença e dos nossos direitos em Cristo. Aleluia! Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração