ongrace.com

> Mensagem de Hoje

10/05/2021 - A DECISÃO DO ESCRIBA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E, aproximando-se dele um escriba, disse: Mestre, aonde quer que fores, eu te seguirei. Mateus 8.19


Nos dias bíblicos, as Escrituras eram copiadas manualmente pelos escribas, letra por letra. Muitos se consideravam importantes por saberem escrever daquele modo a Palavra de Deus, mas isso não significava que podiam ministrar o que reescreviam. Na verdade, só o que vale é a revelação, a qual é concedida a quem é chamado para o santo ministério (2 Co 3.6). O ministro deve ser preparado para ser servo de todos e não se achar o importante (Mc 9.35)!

Na Sua ministração, Cristo dava inúmeras lições que faziam as pessoas ficarem boquiabertas com a unção que repousava sobre Ele. Da mesma maneira, os enviados pelo Mestre devem estar de acordo com a vontade de Deus. Assim, todos se maravilharão com as obras realizadas por eles. Nossa missão é glorificar o Senhor Jesus como Ele honrou o Pai em Cafarnaum, curando o servo do centurião ali mesmo na sinagoga; depois, na casa de Pedro, sarando a sogra desse homem e, por fim, libertando os endemoninhados e curando outros enfermos (Mt 8.1-17). O Senhor é bondoso para conosco!

Um escriba ali presente observava fascinado a maneira de Cristo ministrar, então logo se ofereceu para ir com Ele aonde quer que fosse. O Mestre mostrou o lado real da obra do Pai, fazendo-o ver que os chamados para levar a mensagem ao mundo devem estar desapegados dos confortos materiais, pois Ele mesmo não tinha onde reclinar a cabeça (v. 20). Podemos crer que isso procede, porque o Senhor é a Verdade e sabe suprir as necessidades dos Seus servos.

Não é certo “formar” obreiros com a mentalidade de viver como filhos de ricos, e sim anunciar a Verdade a todos. Se formos enviados aos países pobres, onde muitos nem têm o que comer, teremos de viver como eles. Isso não tira o mérito da bênção que enriquece, porque o apóstolo Paulo disse: Como contristados, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo e possuindo tudo (2 Co 6.10).

Os soldados das nações do Primeiro Mundo são ensinados a viver nas selvas como os dos países periféricos. Lá, eles caçam para se alimentar e andam em meio a pernilongos, ao mosquito transmissor da dengue e de outras doenças tropicais, bem como a animais perigosos e selvagens. Caso a guerra chegue, não haverá a fartura de pão que existe hoje. Os soldados da cruz têm de estar preparados para suportar situações de extrema necessidade. Assim o Messias vivia, dando-nos o exemplo.

Jesus não negou o pedido do escriba, mas mostrou a realidade da vida na Terra. Assistindo aos filmes que mostram o luxo de Hollywood, temos a impressão de que não existem problemas nos Estados Unidos, o que é infundado. Na próspera Coreia do Sul, preguei para moradores de rua, pessoas vivendo de esmolas que os outros cidadãos deixam cair na latinha deles. Então, não podemos nos enganar.

Temos a responsabilidade de equipar aqueles que Deus chama para fazerem parte do ministério, e o melhor a fazer por eles é mostrar, pelo nosso comportamento, como se vive: de modo santo, sem desperdício e com dignidade. Os bons servos se parecem com os bons mestres, que os ensina a amar as pessoas indistintamente. Isso agrada muito a Deus! 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor, Personificação da Verdade! Jesus era o Exemplo de obreiro que Tu desejas dar ao mundo, pois, mesmo sendo Deus, Ele não veio como tal, mas Se despiu das prerrogativas divinas e nasceu em um estábulo, na simplicidade de uma manjedoura.

Cristo viveu do jeito que o povo vivia: caminhava a pé pelas estradas empoeiradas, ou no lombo de um jumento. Ele podia usar o Seu poder e se deslocar rapidamente de um lado para o outro. No entanto, cuspindo no chão, Jesus fez lodo e curou o cego!

O Salvador ainda tira remédios de onde ninguém crê ser possível, purifica leprosos com a Palavra e expulsa demônios como fazia há mais de dois mil anos. Ele tem prazer em dar a todos estas lições fundamentais: obedecer a Deus e fazer a Sua pura e santa vontade!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Minha vizinha pertence à Umbanda e vive fazendo trabalhos, os quais são colocados na minha porta. Tenho orado e repreendido toda a ação do diabo. Mas o senhor acha que essa...

Não! Absolutamente, não! Ferramenta alguma preparada contra você prosperará, isso é o que a Bíblia diz (Is 54.17). E mais: naquele que é nascido de Deus, o maligno não...

»VEJA MAIS