ongrace.com

> Mensagem de Hoje

12/04/2012 - A DOR E O ESCAPE DO PECADOR

  • Envie por Email
  • Imprimir



Confessei-te o meu pecado e a minha maldade não encobri; dizia eu: Confessarei ao SENHOR as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado.

Salmo 32.5

O pecado, ao ser praticado, pode ser prazeroso, dar alegria, mas, logo a seguir, a pessoa que o comete percebe que ele é pesado demais, desastrado e só traz confusão e dor. Foi o que Davi provou ao pecar. No entanto, o salmista não só sentiu o peso do pecado, mas também o valor do perdão divino e só voltou a desfrutar da vida quando o alcançou. É bom que a convicção do Espírito Santo nos faça sentir miseráveis, pois isso é o que seríamos para sempre sem o arrependimento e a confissão.

Davi passou por momentos cruéis e dolorosos, por isso tudo para ele se tornou um fardo grande e insuportável. Que a mão dEle sempre pese sobre todos os que se desviam! Ora, nas situações em que não houver paz nem comunhão com Deus, tampouco portas e janelas dos Céus abertas, quem cair no erro terá a chance de se arrepender, porque ter um coração contrito é o único meio de se livrar do erro (At 8.22). Só existe livramento para quem confessa e abandona o pecado.

Esse assunto é mais sério do que imaginamos. Por causa do pecado, por exemplo, há quem perca tudo o que adquiriu durante anos de trabalho árduo. A pessoa que esconder sua iniquidade verá que sua estrutura espiritual e, em alguns casos, a física também, irá tornar-se seca, dura e quebradiça, pois envelheceu. Só há vida para quem respeita o Senhor – cumpre os mandamentos (Jo 14.21). É dessa forma que a comunhão com Deus é restabelecida.

É possível notar quando a pessoa está em pecado, pois até humor dela é atingido. O pecador não tem paz, está sempre nervoso, agitado e, em todos os momentos, fere os outros com palavras, acusa-os sem que haja o mínimo de procedência à sua cisma, e o pior é que não consegue desfrutar das boas coisas que foram preparadas por Deus. Certamente, aquele que retém o pecado vive à margem da fé, sempre em sofrimento e desconfiança.

Ao ser convencido de que seu erro era a causa do estado miserável em que vivia, Davi começou a planejar sua confissão. Então, declarou que confessaria sua transgressão. O dia chegou, e ele fez o que era certo diante do Altíssimo. Ao agir assim, o salmista foi perdoado, sua paz voltou, e a alegria inundou seu coração, pois Deus lhe perdoara.

Não importa qual tenha sido seu erro; se você não o confessar, jamais será libertado da opressão que tomou conta do seu ser. Quem se acertar com o Senhor verá que sua vida mudará por completo, e, com isso, a alegria e a vontade de viver voltarão. Então, faça isso agora!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário gostaria de saber de Casa Loteria é um negócio abençoado por Deus, veja onde moro que a campo para abrir outra casa loterica, mais não sei se esse tipo de...

A Bíblia diz que todas as coisas nos são lícitas, mas nem todas convêm (1Co 6.12). A questão é saber quando algo que intentamos fazer não é conveniente, isto é, vai...

»VEJA MAIS