ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/10/2021 - A IGREJA ESTAVA EM UMA CASA

  • Envie por Email
  • Imprimir
E à nossa irmã Áfia, e a Arquipo, nosso companheiro, e à igreja que está em tua casa. Filemom 1.2


A saudação de Paulo se estendeu a irmã Áfia, que alguns creem ser a esposa de Filemom, a Arquipo, o qual também julgam ser filho dele, e a toda a igreja. Ora, não devemos deixar alguns fora do recado enviado por Deus a todos. Afinal, somos partes do mesmo Corpo, o de Cristo (Rm 12.5; 1 Co 12.27). Portanto, temos de dar tratamento igual aos salvos, para que todos cresçam juntos. Desse modo, a obra se desenvolverá como deseja o Altíssimo. Afinal, somos irmãos em Cristo!

Se algum irmão ficar ofendido pelo fato de não lhe darmos a atenção devida, logo veremos outros se sentindo também discriminados, e a Igreja ficará dividida. Essa é uma das táticas usadas pelo diabo; afinal, ele não quer ver a obra do Senhor crescendo. Ao mesmo tempo, não podemos permitir que alguns façam da casa de Deus um templo de Baal ou de qualquer outro falso deus. Vigiar e orar são recomendações para não entrarmos em tentação (Mt 26.41). Creia, sirva e viva!

Estamos tratando de uma das igrejas que mais aprendeu sobre a obra de Jesus realizada em Sua morte: a dos colossenses. Aqueles irmãos não possuíam templo, como vemos hoje em toda a parte, mas se reuniam na casa de Filemom. Eles se converteram a Cristo pelo trabalho dos conservos de Paulo naquela cidade, por isso este se sentia livre, para lhes falar de como proceder, usando palavras meigas e não graves (Cl 1.3-8).

Paulo dá a entender que Arquipo estava envolvido na igreja, chamando-o de companheiro. O apóstolo se encontrava preso em Roma por causa da falsa acusação feita pelos judeus invejosos (Fm 1.1). Enquanto aguardava a decisão de César, a obra divina continuava sendo executada, e a Palavra cumpria a Sua missão por intermédio de Paulo, incansável e intrépido servo de Deus. Nada pode atrapalhar a tarefa incumbida pelo Senhor. 

Ser chamado de cooperador na igreja é muito importante, ainda que a pessoa não esteja no ministério da pregação. O fato de falar a outros a respeito dos feitos do Altíssimo em Sua casa ajuda bastante. Os cooperadores devem orar para ampliar seus rendimentos; assim, darão melhores dízimos e participarão com mais entusiasmo na oferta alçada. Quando jovem, eu era corretor e fazia alvos para o meu dízimo aumentar e conseguia.

Na verdade, todo salvo tem prazer em colaborar para o ministério de Deus. Agora, quando um deles se sente chateado porque a igreja atua em missões, ele está se desviando e, por isso, precisa de oração. É errado revoltar-se contra o ato de alçar a oferta – quando o pastor mostra a necessidade de saldar os compromissos e pergunta quantos podem ajudar com determinada quantia. Muitas pessoas se sentem tocadas a dar uma oferta especial  e logo veem a recompensa chegar (Ml 3.8-12; 2 Co 9.6-10).

Quando um cristão se incomoda com o fato de orarmos, na casa de Deus, para libertar os oprimidos do diabo – porque prefere não “ver” pessoas endemoninhadas – é sinal de que há uma ameaça do maligno para enfraquecê-lo na fé. Não ficar satisfeito ao ver alguém livre dos espíritos maus é grave. O nosso coração deve se alegrar ao presenciarmos uma pessoa liberta. Jamais dê lugar ao diabo!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus dos nossos cooperadores! Tu estás com aqueles que nos ajudam de todo o coração, pois são Teus servos. Todo convertido precisa entender que colaborar com a Tua obra é uma expressão de amor a Ti. Dá-nos esse ministério também!

Durante muitos anos, Tu tens me usado para libertar os oprimidos do diabo, levando-os a não se envolver com ele. Então, essas pessoas passam a Te amar de verdade e, na maioria das vezes, tornam-se os melhores cooperadores da igreja. Que outras recebam essa chamada!

Como Jesus disse, teremos aflições no mundo, mas as almas e o carinho dos colaboradores nos animam muito. Por isso, as nossas necessidades têm sido supridas em glória, por Cristo Jesus. Ah, se pudéssemos fazer mais, a ponto de não haver perdidos na Terra! Pai, ajuda-nos!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Sou católica e li alguns exemplares da revista Carta Viva no escritório onde trabalho. Achei interessante o ministério da Igreja da Graça e resolvi escrever-lhe. Já...

O que você precisa, primeiramente, é de ter um encontro com o Senhor Deus, converter-se e nascer de novo. Antes da salvação, que é uma experiência real e marcante em...

»VEJA MAIS