ongrace.com

> Mensagem de Hoje

17/01/2015 - A IMPORTÂNCIA DA BENIGNIDADE DO SENHOR

  • Envie por Email
  • Imprimir
Vivifica-me segundo a tua benignidade; então, guardarei o testemunho da tua boca. Salmo 119.88


A meiguice e a ternura do Senhor – a esperança bondosa, ou a bondade esperançosa –, a arte de fazer o bem existente em Seu coração, possuem o poder de nos vivificar. Deus tem ordenado que todos creiam no Evangelho, porque é o caminho o qual permite que nos aproximemos do Pai. Temos condições de nos livrar do maligno por meio dEle, pois é o poder de Deus (Rm 1.16). Se não aprender os seus direitos em Cristo, você jamais será bem-sucedido na fé. Na luta espiritual, vence quem crê em Jesus.

Na parábola do filho pródigo, o Mestre representou Deus como o Pai que, ansiosamente, aguarda o retorno do filho. Ora, longe dEle, em meio aos perdidos, a pessoa é esmagada pelo diabo. Sem dúvida, o coração do Senhor fica pesaroso quando alguém parte em direção à porta larga, onde conhecerá o inimigo em sua capacidade máxima – como enganador. Depois, mesmo que queira voltar, não conseguirá libertar-se por si mesmo.

Ao sentir a alma presa a delitos e perceber que está distanciando-se do Pai, peça a sua vivificação, a qual é uma obra muito importante, pois lhe dará vida novamente. Isso ocorre quando aceitamos Jesus como Salvador e, com isso, experimentamos o novo nascimento. Nessa hora, tudo se faz novo. No entanto, infelizmente, no decorrer dos dias, muito esfriam na fé e caem em pecados, necessitando ser vivificados de novo.

O pedido do salmista mostra que não há outro meio de ter a alma vivificada. Ele sabia que a arte divina de fazer o bem tornaria possível que fosse atendido em sua necessidade. Ele invocou a bondosa esperança de Deus e, ordenado por Ele, escreveu o caminho a ser trilhado para se libertar de algum sentimento negativo. Não importa se você fez algo que magoou o Senhor tremendamente; é impossível que Ele não lhe atenda.

O versículo mostra que não há como guardar o testemunho da boca de Deus, se a alma não tiver sido vivificada, e isso é extremamente perigoso. Quem não se apropria das palavras do Altíssimo O faz Se passar por mentiroso em Suas declarações. O Senhor afirma que o sangue do Seu Filho nos limpou de todo pecado, fomos curados por Suas feridas, e Ele suprirá todas as nossas necessidades em glória, por Cristo Jesus (Fp 4.19). Faça Deus verdadeiro!

Não se deixe tomar pela angústia, depressão, tristeza ou por outro sentimento que destrói suas esperanças e rouba o desejo de viver. Deixar de fazer o bem o levará à morte espiritual. O pedido do salmista é um lembrete do Senhor de que Ele está pronto para fazer a grande mudança em você. O fato de Deus ser benigno para com os homens é para que guardem o testemunho que Ele dá de Si mesmo e da Sua justiça. Isso funciona agora!

Que tal se levantar para desfrutar da vida abundante trazida por Jesus? Não é bom se esquecer da missão do Mestre aqui na Terra. Afinal, Deus deseja vê-lo servindo-Lhe de modo pleno. Ele mostra que irá até o limite para você ter tudo o que Ele tem declarado que fez em favor da humanidade, pois o testemunho da Sua boca não pode ser anulado.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor, Confirmador do Teu Testemunho! Quanto amor tens demonstrado por aquilo que dizes em favor de todos. Obrigado por nos revelares o valor da Tua benignidade, pois, por ela, podemos ir até o limite da Tua paciência e do Teu amor, para obter a Tua ajuda. 

Seremos vivificados, se não nos esquecermos de que a Tua benevolência fará com que sejamos sempre atendidos. Ora, isso é muito bom e proveitoso, pois permaneceremos firmes até que Tu nos abençoes completamente.

Que a partir de agora, os meus leitores não desanimem ou deixem de crer no que podes fazer em favor deles, pois a Tua bondade jamais deixará de existir e operar. Ela é a Tua essência e, desse modo, os testemunhos de Tua boca serão confirmados.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Onde esta escrito na biblia, que quando Jesus morreu, ele desceu ao inferno, tomou a chave de lá das mãos de satanás e resgatou os seus escolhidos que lá estavam, como...

Essa doutrina está baseada principalmente nos textos de Paulo e Pedro (Ef 4.7-10; 1Pe 3.18-20; 4.6). Antes do Senhor Jesus sacrificar-Se, o mundo dos mortos dividia-se entre o...

»VEJA MAIS