ongrace.com

> Mensagem de Hoje

26/11/2011 - A MAIS NOBRE MISSÃO

  • Envie por Email
  • Imprimir



E disse o SENHOR: Tenho visto atentamente a aflição do meu povo, que está no Egito, e tenho ouvido o seu clamor por causa dos seus exatores, porque conheci as suas dores. 

Êxodo 3.7

Não entendemos por que certas coisas nos acontecem, mas a verdade é que o Senhor tem um tempo certo para agir em favor dos Seus (Ec 3.1-8). Se, verdadeiramente, os servos do Senhor confiassem nEle, seria automática a libertação dos cativos de Satanás; de fato, o poder do maligno nem chegaria a oprimi-los. No entanto, é justamente pela falta de conhecimento que muitos filhos de Deus encontram-se aprisionados pelo diabo (Is 5.13).

Sem dúvida, a nossa fé coloca o Todo-Poderoso em ação, mas há cristãos que, mesmo assim, aguardam o Altíssimo fazer algo por eles, quando o contrário deveria ser feito: o nosso Deus espera que tomemos a posição de filhos. Quando o fazemos, usando o Nome de Jesus, o poder divino entra em ação, cumprindo o que determinamos. 

É forte, porém verdadeira, a declaração de que a nossa fé põe Deus agindo em nosso favor. Por sinal, o Senhor dá solução aos nossos problemas quando os apresentamos a Ele, com fé e em Nome do Senhor Jesus. Foi isso que o Mestre nos ensinou ao falar da viúva que, diariamente, pedia a um impiedoso juiz que a ajudasse. Embora aquele homem não tivesse respeito por ninguém nem temesse o Senhor, de tanto aquela senhora insistir, ele decidiu atendê-la (Lc 18.1-5)

A razão de Jesus nos ter ordenado a irmos por todo o mundo e pregarmos o Evangelho a toda criatura (Mc 16.15) se deu por causa da grande obra que Ele fez a fim de beneficiar a humanidade. A mensagem que devemos pregar tem de ser positiva, e, com muita convicção, precisamos dizer às pessoas que elas não devem mais suportar ou levar as suas dores, pois estas já foram carregadas pelo Filho de Deus (Is 53.4).

Temos de ensinar a todos o mesmo que o Mestre ensinava: Ele mostrava como era fácil ser abençoado pelo Senhor e que não havia problema sem solução. Portanto, não podemos transmitir outro recado, pois, se o fizermos, estaremos mostrando que não cremos nEle. Uma vez que Cristo afirmou que os que cressem nEle fariam as mesmas obras realizadas por Ele (Jo 14.12), temos, então, de levar o povo a fazer os seus direitos serem respeitados.

Nos tempos bíblicos, Deus enviou Moisés a fim de levar os filhos de Israel à liberdade física. Quanto a nós, fomos direcionados com a mensagem do Evangelho para fazermos com que os perdidos alcancem a liberdade espiritual. Para isso, Ele nos equipou com autoridade, do mesmo modo que concedera poder a Moisés para fazer Seus sinais. Os nossos sinais beneficiam as pessoas.

Somos os libertadores dos oprimidos e sempre seremos bem-sucedidos nessa tarefa se seguirmos as direções divinas. Porém, se cruzarmos os braços, tais indivíduos continuarão a sofrer na escravidão de Satanás. Não somente temos o privilégio de representar o Senhor, mas também a obrigação de fazer a obra do mesmo modo que Ele fazia.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração