ongrace.com

> Mensagem de Hoje

17/08/2009 - A ÚNICA SAÍDA

  • Envie por Email
  • Imprimir



“Livra-me de todas as minhas transgressões; não me faças o opróbrio dos loucos” (Salmo 39.8).

Que tipo de pessoa desejamos ser: loucos ou sóbrios? Os espíritos malignos podem levar-nos à loucura se cairmos em suas ciladas. No entanto, para que isso não aconteça, não nos podemos prender às tentações, mas, sim, pedir a Deus que nos livre delas e nos perdoe pelos nossos pecados, a fim de sejamos sóbrios.

Somente Deus pode livrar-nos das transgressões. Mesmo tendo nascido de novo, somos suscetíveis aos erros do velho homem, pois ainda estamos na carne. A única saída é pedir ao Senhor que nos livre das tentações e das iniquidades, que, certamente, cometeremos sem a ajuda dEle. O salmista sentiu a pressão do pecado e abriu a boca pedindo socorro. Faça o mesmo, e você passará pela vida sem se contaminar. O apóstolo Paulo reconheceu esse perigo ao dizer que o bem que deveria fazer não fazia, mas o mal que não deveria praticar, esse cometia (Romanos 7.19). No entanto, ele reconheceu que Deus podia livrá-lo.

Os espíritos malignos trabalham no momento em que a pessoa descuida, sendo capazes, por exemplo, de levá-la a se apaixonar por outra que não seja seu cônjuge. Também fazem muitos caírem no laço da desonestidade e em outras tentações. Sabendo disso, se não tivermos a ajuda dos Céus, poderemos ser levados à loucura.

Quando alguém está envolvido na tentação, ele não vê nada demais em seu erro; ao contrário, até justificativas plausíveis encontra para seus atos. Somente o fato de dar razão a um ato condenado pela Palavra, já está preso nas armadilhas infernais que levam os homens à ruína. Apenas um arrependimento profundo livrará o indivíduo dessas ciladas.

Confessar todos os pecados e pedir o perdão são as únicas maneiras de sair do cativeiro espiritual. Sem dúvida, o perdão é a maior bênção que podemos alcançar do Senhor. Sem ele, a nossa comunhão com o Pai acaba, e os demônios passam a nos oprimir, e, com isso, a cada dia, perecemos. Não são poucos os que estão pagando um preço demasiado alto e, cada vez, pagarão mais caro, por não terem a coragem de confessar a Deus as transgressões e a quem tem ofendido. Quem não confessa suas iniquidades e não as deixa não alcança misericórdia. 

Os loucos – os que caíram no erro – não observam, mas a vergonha deles está estampada em sua face. Quando procuram alguém que vive na presença de Deus, este, só em olhar para eles, sabe que há algo errado. O modo destemperado de proceder e o jeito de olhar, andar e responder os denunciam. O opróbrio dos loucos é como um cartão de apresentação que exibem sempre. A única maneira certa de viver é ser sóbrio. Quem se dá ao pecado é achado por este.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Conheço cristãos que têm envolvimento com a maçonaria. Por que isso ocorre? Será cilada do inimigo ou porque eles não são...

Bem, eu não fui colocado como juiz das pessoas, e, por isso, não me sinto com liberdade para julgar aqueles que não vêem nada de mais em ser maçom. Agora, antes que...

»VEJA MAIS