ongrace.com

> Mensagem de Hoje

09/03/2020 - A ORDEM QUE NUNCA FALHA

  • Envie por Email
  • Imprimir
A ti te digo: Levanta-te, e toma o teu leito, e vai para tua casa. Marcos 2.11

Ouça a mensagem

O exemplo de Jesus acerca do poder de ordenar que se faça aquilo que o Pai tem determinado deve ser seguido à risca. A casa em Cafarnaum estava cheia, e Ele não deixou para depois. Depois que Cristo perdoou o homem de seus pecados diante das pessoas que murmuraram contra essa atitude, não havia mais razão para o enfermo ficar prostrado naquele leito.

É bom lembrar que o Mestre ensinava a Verdade, a qual, sendo conhecida, liberta o ser humano de qualquer opressão e sequela do pecado do qual era prisioneiro. Jesus não orou para Deus curar o homem, como fazemos, mas, com autoridade, disse a ele que se levantasse, tomasse sua cama e fosse para casa. O Filho de Deus conhecia Sua posição diante do Pai!

Ao entrar em Naim, junto com Seus discípulos e muito povo, Cristo viu uma multidão saindo da cidade. Eles carregavam um jovem morto para sepultar, e a mãe dele seguia chorando ao lado do caixão. O Salvador Se compadeceu dela e disse que não chorasse. Quando Ele tocou no esquife, os que o levavam pararam. Então, ordenou ao morto que se levantasse; assim, o defunto se sentou e começou a falar. Jesus o entregou à sua mãe (Lc 7.11-15).

Sem dúvida, temos perdido diversas batalhas, porque não cremos de maneira correta. Deixar o medo governar seu coração lhe roubará a fé na hora de determinar que a obra se complete. Temos de aprender com o Salvador pelo modo como agia e fazer o mesmo. Mas realmente estamos crendo em Deus e servindo a Ele, ou a nossa fé só funciona em parte como uma desculpa religiosa? O Senhor nos deu o exemplo!

Conta-se de um homem que, diante de um pastor, disse que amava a Deus de todo o seu coração e estava pronto a dar a Ele tudo o que tinha. O pastor reparou que ele ostentava um caríssimo anel em um dos dedos da mão e o provou, dizendo: “Irmão, você está pronto a dar o que for para o Senhor?”. “Sim”, ele respondeu. “Então, dê este anel”. Mas ele recuou, ficou vermelho e disse: “Não, este aqui não”. O pastor sorriu!

Quando o homem, de fato, crer em Deus, será usado de maneira diferente do que temos visto até hoje. A Palavra não falha; porém, enquanto tivermos pecados, como seremos atendidos? Jesus vivia diante do Pai em santidade e verdade, a ponto de dizer que Ele e o Pai eram Um (Jo 10.30). O Mestre orou para que fôssemos também um com o Pai. Estando nessa posição, teremos a mesma palavra de ordem!

Enquanto procurarmos a glória humana, vivendo como os ímpios, as coisas não funcionarão para nós. Temos de fazer a vontade do Senhor e realmente viver como Ele: Como podeis vós crer, recebendo honra uns dos outros e não buscando a honra que vem só de Deus? (Jo 5.44). O que você fará? O futuro da obra divina depende da nossa rendição, submissão e obediência ao Todo-Poderoso! 

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, verdadeiro e único Senhor! Queremos ter poder, mas não nos submetemos a Ti. Sabemos que a Palavra é Verdade, mas a prioridade, que é cumprir o Teu querer, como Jesus cumpria, não ocupa o primeiro lugar em nós. Socorro!

Nós Te amamos, porém não temos feito isso com o coração inteiro. Assim, a Tua vontade não tem sido feita por nosso intermédio como deveria. Conseguimos Te dar um pouco de amor, mas gostaríamos de Te dar mais. Ajuda-nos a nos render a Ti!

Por mais que falemos, ainda estamos longe da nossa posição na fé em Cristo. O mundo precisa ver em nós o mesmo que via no Teu Filho. Por isso, pedimos o Teu auxílio. Pai! Levanta pessoas que realmente cheguem perto de onde Jesus Te servia!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Na igreja primitiva de Atos 2.42-47, é o objetivo maior de Deus em relação ao homem, ou seja um homem que está bem com o seu irmão em alegria e singeleza de coração, em...

Naturalmente, mas não só na igreja de Jerusalém, e sim em todas as igrejas onde Sua Palavra é pregada e vivida. Cabe, no entanto, uma observação quanto à experiência de...

»VEJA MAIS