ongrace.com

> Mensagem de Hoje

31/10/2016 - A PRAGA DAS RÃS

  • Envie por Email
  • Imprimir
E o rio criará rãs, que subirão e virão à tua casa, e ao teu dormitório, e sobre a tua cama, e às casas dos teus servos, e sobre o teu povo, e aos teus fornos, e às tuas amassadeiras. Êxodo 8.3

Ouça a mensagem

Na segunda praga, como em todas elas, o Senhor sabia o que estava fazendo ao endurecer o coração do Faraó. Deus agiu assim para que ele teimasse até ver o Egito destruído. Por essa razão, jamais se insurja contra as decisões de Deus, ainda que Ele pareça tardio em responder às suas orações. Da mesma forma que o Altíssimo tinha ciência de como proceder para o rei libertar o povo hebreu, Ele sabe como agir para livrá-lo das suas opressões.

As pragas lançadas sobre o Egito, além de terem outros propósitos divinos, foram usadas para envergonhar os deuses cultuados naquela terra. Ora, Faraó era venerado como filho do deus maior da mitologia egípcia. O Senhor queria que o povo visse que tais divindades não passavam de demônios desprovidos do poder que afirmavam possuir; afinal, nada puderam fazer para livrá-los daqueles flagelos.

Quando a água foi transformada em sangue, ficou provado que o deus-Nilo, Hápi, não tinha poder algum. A veneração dos egípcios por certas espécies de peixes era absolutamente ineficaz para proteger quem quer que fosse. A Bíblia ensina que o Altíssimo é o único Deus e não pode ser representado por figura alguma nem confundido com as entidades que dominam e enganam as nações.

Agora, na praga das rãs, seria humilhada a deusa rã chamada Heqt. A ignorância espiritual era tão grande, que as pessoas se deixavam levar pelos cultos primitivos, sem sentido algum. Como pode uma rã ser aceita como deusa? Porém, naquele tempo, os egípcios a veneravam com tamanha presteza. Em todas as nações, o diabo tem levado muita gente a cultuar coisas da natureza, ou certos espíritos malignos, como se fossem divinos. Misericórdia!

Apesar de vivermos uma verdadeira chuva de revelações das Escrituras, nas quais as promessas do Senhor são clareadas e, com isso, as bênçãos ficam à disposição de todos, existem pessoas que se envolvem em cultos animistas, pensando obter proteção. Isso vem desde quando Satanás enganou o primeiro casal, no jardim do Éden. É preciso pregar e viver a Palavra de Deus; assim, as pessoas despertarão e se libertarão das práticas idólatras.

Aqueles que pensam que a obra divina pode ser feita do modo como acham certo, talvez, não tenham o conhecimento de que Jesus disse que nos havia dado o exemplo, para que, como Ele fez, façamos também. O Senhor ministrava aos doentes, perturbados e pecadores, e os levava à plena libertação. Precisamos fazer dessa mesma forma; do contrário, sem dúvida, responderemos pelo pecado de rebeldia.

Faraó pediu que Moisés orasse a Deus para tirar as rãs. Quando o servo de Deus lhe perguntou quando deveria orar, o rei respondeu que seria no dia seguinte. O que ele tinha em mente, ao dizer isso? Na próxima lição, veremos o que aconteceu.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Verdadeiro Deus! Faraó e as demais pessoas do Egito estavam cegas, pois, ao invocar o inimigo, davam a ele poder sobre suas vidas. Da mesma maneira, muitos não Te procuram, mas participam de cerimônias onde invocam o mal.

Alguma criatura pode livrar alguém do embaraço? Só Tu podes dar libertação aos oprimidos pelas forças das trevas. Não há como o poder enganoso ajudar a quem quer que seja. Mas, quando Tu és invocado, as pessoas são libertas.

Pouco a pouco, Tu mostravas que a mitologia egípcia era pura ilusão, pois eles veriam que só Tu tens poder. A mágica dos bruxos estava sendo envergonhada e, com isso, nunca mais fariam oposição aos Teus servos. Obrigado por nos amares!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração