ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/01/2022 - A PROVA DA NOSSA PATERNIDADE

  • Envie por Email
  • Imprimir
Responderam e disseram-lhe: Nosso pai é Abraão. Jesus disse-lhes: Se fôsseis filhos de Abraão, faríeis as obras de Abraão.  João 8.39

Ouça a mensagem

A grande tragédia dos judeus foi não terem reconhecido o Jeová, o qual fizera a Aliança com Abraão e que veio ao mundo em carne para resolver os problemas deles. Aquele povo não enxergou o Messias como o Criador de tudo, por isso não creram nEle (Jo 1.1,2,14). As religiões são um perigo para a humanidade. Elas fazem as pessoas deixarem de olhar para o Senhor e prestarem atenção em homens que foram usados para uma obra programada pelo Altíssimo.

Os israelitas se orgulhavam de terem Abraão como referência. No entanto, não deram a ele o prazer de ver seus descendentes honrando Aquele que o chamou, quando ainda estava em Ur dos Caldeus (Gn 12.1). Muitos filhos dos salvos também têm se dedicado a servir aos que Deus usou e abençoou, em vez de se consagrarem, a fim de que o Pai celestial lhes faça o mesmo, conforme dizem as Escrituras. Dedique-se ao estudo da Palavra sem preconceito. Assim, será um bom servo.

Aqueles homens não mentiam quando se diziam filhos de Abraão, mas se enganavam não aceitando o Libertador, o qual veio cumprir o prometido ao patriarca. Este não tinha visto nenhuma maravilha realizada pelo Redentor, mas confiou em Quem o convidou a sair do seu lugar e ir para uma terra a ser mostrada mais adiante. Perdemos muito em não acreditarmos nas promessas do bom Pastor. Ele é fiel e verdadeiro (Ap 19.11)!

Quantos confessam Jesus como Salvador e Senhor deles, porém não se importam em fazer a obra determinada por Ele: pregar a Boa Notícia? Até os irmãos que dizem fazer parte do ministério não se prontificam a evangelizar os perdidos. Ora, só aqueles que têm os mandamentos e os guardam amam o Filho de Deus e, por isso, são amados por Ele. Quem tem prazer em cumprir as ordens divinas se descobrem amados pelo Pai e pelo Filho (Jo 14.21).

O nosso modo de vida mostra se servimos ao Senhor realmente, ou se nos enganamos! Devemos buscar os mandamentos e nos esforçar para obedecer a eles, pois isso nos tornará verdadeiramente abençoados. Temos falta de inspiração, poder, bens materiais, saúde e não vemos a nossa família, os nossos amigos e os demais que nos cercam aos pés de Cristo pelo fato de não nos importarmos com o destino deles. Podemos garantir que amamos a Deus?

Aqueles que retrucaram e desprezaram Jesus não sabiam que serviam ao diabo, satisfazendo as vontades dele e, portanto, sendo seus filhos. Pedimos misericórdia aos que agem do mesmo modo hoje! Ser religioso não significa que você tem entrada garantida no Reino dos Céus. Ninguém deve se enganar com falsos discursos, com conversas de pessoas que sabem iludir, pois até mesmo elas estão equivocadas. Quem é de Deus faz a obra dEle (1 Jo 2.6)!

Vamos provar que somos salvos e pertencemos ao Todo-Poderoso, obedecendo à Sua Palavra. Assim, viveremos no mais alto nível. Você jamais crescerá na fé sem assimilar tudo o que a Bíblia diz. Nunca se engane: quem é de Deus O ama! Então, se você quiser estar entre os que subirão com Jesus, conheça os preceitos dEle e cumpra-os!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus, nosso verdadeiro Pai! Estamos alarmados, porque pensávamos que bastaria confessar o senhorio de Jesus sobre a nossa vida para Te agradar. Não queremos nos enganar, nem deixar de Te amar, pois não gostaríamos de ter a triste notícia de que não somos Teus!

Como aqueles religiosos dos dias do Teu Filho, confessamos que temos por pais os Teus servos do passado, mas não fazemos o que eles fizeram e, por isso, as forças das trevas operam em nós. Precisamos nascer de novo. Ajuda-nos, Senhor!

Suplicamos pelo Teu perdão! Assim, teremos comunhão Contigo e cumpriremos a nossa missão. Sabemos que não estamos bem, mas desejamos mudar a nossa maneira de Te servir. Pai! Os perdidos precisam ser alcançados pela Verdade. Usa-nos!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração