ongrace.com

> Mensagem de Hoje

23/04/2017 - A PROVA DE QUE NASCEMOS DE DEUS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Se sabeis que ele é justo, sabeis que todo aquele que pratica a justiça é nascido dele. 1 João 2.29


Os nascidos de novo precisam entender que eram propriedade do diabo, por isso ele fazia com a vida deles tudo o que desejava (Ef 5.8). Porém, eles foram recriados no Senhor e devem servir a Ele como tais. Aqueles que se mantiverem em rebeldia, sem sombra de dúvida, prestarão contas desse ato e do prejuízo causado ao Reino de Deus das almas perdidas que, como eles, também tinham o direito de serem salvas.

Jesus falou de um servo que não negociou o talento recebido, escondendo-o na terra, e, por não ter atendido à ordem de seu senhor, foi enviado para sofrer nas trevas exteriores (Mt 25.30). Veja, ele era servo, mas, pelo que lhe aconteceu, entendemos que “servo que não serve não serve para ser servo”. Desobedecendo ao senhor, ele foi chamado de mau e negligente, e isso lhe acarretou o castigo eterno.

Se você entende o que Deus quer, mas não realiza o desejo dEle, coloca-se no lugar daquele desventurado cidadão. Tão logo receba uma missão, para o Senhor ou para Seu Reino, esforce-se para cumpri-la com todas as suas forças. O Altíssimo avisou o que acontecerá com os que Lhe desobedecem conscientemente. Ao nos ordenar algo, Ele espera que o façamos. Não demore nem seja irresponsável de não executar as ordens do Todo-Poderoso.

Use o bem concedido por Deus para aumentar o Reino dEle. Não importa se a você foram dados cinco talentos, dois ou um. Com o que Ele lhe confiou, coloque-se em campo e dê tudo de si para realizar a tarefa. Não esconda os recursos entregues a você, pois, sem dúvida, haverá de explicar isso. O Dia do ajuste final virá, e, então, que desculpa você dará?

Além de rebelde, o servo em questão tinha mágoas do seu senhor. Isso acontece com o insubmisso. Ora, quem não acata a ordem recebida deixa a porta aberta para o diabo entrar. Quando isso ocorre, o maligno assume a posição de senhor daquela vida e a faz se inchar das suas mentiras. Assim, ela vê o que não é verdade. Então, na prestação de contas, tal pessoa mostrará a quem servia e amava.

Outra característica de quem é mau caráter é desculpar-se acusando os outros. Poucos reconhecem seus erros, a não ser os que temem a Deus de fato, pois, ainda com dano próprio, não mudam a verdade jamais. A palavra dos que servem ao Altíssimo genuinamente sempre será sim, sim e não, não (Mt 5.37). Não há como um cristão se sujeitar ao engano. Cuidado com o que lhe acontecerá no Dia do Juízo!

Os justos se apresentam toda vez que há uma oportunidade e logo praticam a justiça. Isso prova que nasceram do Pai celeste. No entanto, os ímpios são mestres em dar justificativas, usando a arte de iludir para não serem pegos. Se você fez algo errado, a melhor coisa é falar a verdade; do contrário, certamente será apenado. Amém?

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus justo! Jamais podemos negar-Te, pois, sendo nascidos em Ti, já viemos com a capacidade de sermos justos. Então, queremos falar a verdade em todo o tempo e praticar a justiça, usando o Teu poder para curar e libertar. 

Somos Teus; então, como diremos o que não é real? Por certo, não mentiremos, se Tu, Senhor da nossa salvação, o Espírito Santo, habitas em nós. Tu és a Verdade e não deixaremos que a Tua imagem santa seja manchada.

Só temos em vista praticar a justiça. Sabemos que o segredo é usar o Nome de Jesus para repreender o mal e, depois, crer que fomos ouvidos. Que Tu sejas sempre glorificado com a nossa vida, assim seremos galardoados por praticarmos a justiça. 

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, preciso de uma orientação na palavra, sei que o Sr. é um homem de Deus, qdo conheci Jesus eu morava com o pai do meu filho mas não eramos casados, nos...

O ideal seria esse moço converter-se para vocês casarem-se e serem felizes com o filho que têm. Mas o Senhor não força ninguém a se entregar a Ele (Ap 3.20). Portanto,...

»VEJA MAIS