ongrace.com

> Mensagem de Hoje

20/02/2020 - A PUNIÇÃO DOS SEUS PECADOS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Mui profundamente se corromperam, como nos dias de Gibeá. Ele lembrar-se-á das suas injustiças, visitará os pecados deles. Oseias 9.9


É inacreditável o que Israel fez com o Senhor, Deus santo, dando-se a uma prática horrenda e corrompendo tremendamente sua moral no pecado imundo. Hoje, o leito de vários casais que se intitulam cristãos não é puro, pois foram ensinados a cair na depravação moral. Muitos se dizem de Deus, mas ensinam coisas torpes que os perdidos praticam.

Esses libertinos chegam a rir de quem mantém o ensino bíblico: somente natureza com natureza é permitido (1 Co 6.13). Eles torcem a Palavra, como fizeram os israelitas. Assim, conseguem uma legião de não libertos que aceitam certas aberrações, pois acreditam que tudo neles é santo. Misericórdia! Os adoradores de Baal, o senhor da promiscuidade, não faziam isso também? Vigie!

Se houver arrependimento sincero, essas pessoas estarão arroladas entre os lavados no sangue de Cristo, os quais não se contaminam com nada deste mundo. Caso contrário, serão enviadas para a perdição eterna. O primeiro grupo a ficar de fora do Reino de Deus é o dos devassos – sem freio moral (1 Co 6.9,10). Há limites para o salvo? Sim, o da santidade. Israel se deixou levar pela depravação e foi para o cativeiro!

Oseias chama a atenção do povo sobre Gibeá, no território de Benjamim, quando um levita, sua concubina e seu moço foram procurar abrigo na cidade. Como não encontraram local para repousar, resolveram passar a noite na praça. Porém, um idoso, vendo aquela situação, levou-os para sua casa. Mas, os homens da cidade cercaram a residência e pediram que o senhor lhes desse o visitante para abusarem dele. O anfitrião ofereceu sua filha e a concubina no lugar do viajante, mas os filhos de Belial rejeitaram a proposta (Jz 19). 

O profeta diz que Deus não Se esquecerá dessas injustiças. O levita colocou a concubina para fora de casa, e os homens locais abusaram dela a noite inteira. Devido a isso, ela morreu (Jz 19.22-30). Aquele crime fez Israel guerrear contra os benjamitas, morrendo, aproximadamente, 65 mil homens em três batalhas. Segundo Oseias, Deus Se lembrará dos pecados deles. Certamente, Ele os punirá pelos seus atos. Com o Altíssimo, a coisa é séria!

Gibeá era de Benjamim, porém deram perdão aos cananeus de Jerusalém, quando deveriam ter tomado toda a terra para extirpar de uma vez por todas os praticantes de coisas condenadas pelo Senhor. Aqueles cananeus pagaram o benefício que lhes fora feito ensinando aos israelitas os atos contrários à natureza. Por isso, os perdidos de Gibeá queriam abusar do homem, e estupraram a concubina, provocando a sua morte.

As injustiças cometidas pelos que introduzem no meio do povo de Deus atos impuros lhes custarão a ida ao suplício eterno. Quem transgredir contra a Verdade será castigado.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus! Que momento triste espera aqueles que se têm dado ao pecado! Quando menos esperarem, Tu executarás o juízo contra eles. Não são inocentes, mas loucos, pois, conhecendo as Escrituras, ensinam mentiras e levam o povo a pecar.

Os acontecimentos atuais e os ensinamentos nos púlpitos têm contaminado a Tua Igreja. Já não há diferença entre o santo e o imundo, por isso Teu povo tem o nome de cristão – parecido com Cristo –, mas age como o ímpio.

Tem misericórdia daqueles que têm se envolvido em enganos, para que se convertam de verdade e pratiquem obras dignas de serem chamadas de santas. Do contrário, os novos nicolaítas pagarão caro pelos seus erros.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração