ongrace.com

> Mensagem de Hoje

06/07/2014 - A RECOMPENSA DOS BONS

  • Envie por Email
  • Imprimir
Porque ao homem que é bom diante dele, dá Deus sabedoria, e conhecimento, e alegria; mas ao pecador dá trabalho, para que ele ajunte, e amontoe, e o dê ao bom perante a sua face. Também isso é vaidade e aflição de espírito. Eclesiastes 2.26


Não há como ser servo de Deus e não obedecer aos Seus mandamentos. Enganam-se aqueles que acham que podem decidir se obedecerão ou não ao que foi estabelecido. Ora, os mandamentos do Altíssimo, além de não serem penosos, também proporcionam a quem os cumpre uma grande recompensa. É lucrativo ter os preceitos divinos e guardá-los. Os que executam as ordens do Senhor receberão dons e virtudes das mãos do Onipotente Deus.

Para o Altíssimo, homem bom é aquele que se curva perante Sua vontade e obedece às Suas determinações. Essa pessoa é tida em alta estima pelas autoridades celestiais, pois não haverá repreensão ou condenação em sua ficha. Aqueles que não se preocuparem em saber o que os servos de Deus devem fazer ou não descobrirão que tomaram a pior decisão da vida; com isso, além da condenação que sofrerão, perderão muitas bênçãos.

As pessoas que se encaixam na qualificação de boas recebem sabedoria, conhecimento e alegria. Dessa forma, elas saberão como agir em todas as situações que se lhes apresentarem, quer sejam boas ou más. O conhecimento dará a quem o tem uma firmeza que os outros não conseguem possuir. Além disso, a alegria abrirá portas em todos os lugares decentes, impedindo as ações do inimigo. Por fim, o que pedirem lhes será dado.

Já os que se mantêm na rebeldia sempre estarão cheios de problemas e necessidades. O que o cristão faz com as revelações recebidas do Senhor influencia a sua vida para o bem ou para o mal. O que ama o mundo e as coisas que nele há, sem dúvida, sempre tropeçará (1 Jo 2.15). Ele poderia experimentar o melhor de Deus, se apenas se dedicasse a realizar o que lhe é ordenado. Aquele que faz o bem se torna exemplo de sucesso na fé.

Alguns pecadores trabalham excessivamente, esforçando-se de maneira tremenda para ajuntar um pouco mais. No entanto, isso é perda de tempo, pois, no momento em que mais poderiam usufruir do seu árduo trabalho, eles o entregam ao servo de Deus, perante a face do Senhor (Ec 2.26). Toda lei espiritual é eterna e inflexível, pois não sofre variação pelo querer das pessoas. Elas operam em favor de quem serve ao Senhor.

A verdade é que o Altíssimo não planejou que alguém trabalhe para entregar o fruto a outrem, mas, sim, que usufrua do seu labor. Porém, tendo em vista que muitos não se dedicam a fazer o que lhes é ordenado, eles acabam fazendo como diz o pregador. Só pelo dom de Deus, conseguimos desfrutar do que possuímos. De nada adianta lutar para conseguir mais, se não estiver em paz com o Senhor. 

Fugir da vaidade e da aflição de espírito é o que todos querem; porém, somente os que confiam no Pai e fazem Sua vontade conseguem isso. É triste ver pessoas com grande potencial de trabalho, passando pela vida sem a inteligência, o entendimento e a alegria que Deus dá a todos aqueles que, tão logo, aprendem a Sua vontade e se prontificam a realizá-la.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus vigilante e recompensador! Que sempre sejamos Teus servos, pessoas dedicadas ao bem e a Te obedecer em tudo. Os que vivem dentro da Tua vontade não têm falta de nada e, por mais difícil que a situação pareça, jamais se curvam ante o mal.

Que o título de boa pessoa nos seja concedido, por termos decidido cumprir o Teu propósito. Com isso, receberemos sabedoria, conhecimento e alegria. De que mais precisaremos, se Tu estás contente com o nosso procedimento? Porém, não nos deixes cair em transgressão alguma.

Não queremos viver cheios de problemas, necessidades e todo tipo de infortúnio. Para os salvos, há mais bênçãos do que necessidades. Como é bom andar dentro do Teu querer, pois cuidas até das coisas que parecem insignificantes. Ajuda-nos a Te honrar sempre.

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração