ongrace.com

> Mensagem de Hoje

05/05/2018 - ABUNDANTES RIQUEZAS DA SUA GRAÇA

  • Envie por Email
  • Imprimir
Para mostrar nos séculos vindouros as abundantes riquezas da sua graça, pela sua benignidade para conosco em Cristo Jesus. Efésios 2.7


O assunto era fundamental, pois fez Deus nos amar com Seu grande, incomparável e incondicional amor, dando Seu Filho para morrer em nosso lugar. O homem conseguiu a salvação na morte de Jesus. Essa é a bênção mais importante. Porém, nesse ato, há outras dádivas inimagináveis para o homem natural. Por desconhecê-las, ele não desfruta das abundantes riquezas da graça divina.

Sem entender o que Deus fez por nós no sacrifício de Jesus, o nosso relacionamento com Ele fica incompleto. O Messias fez várias obras entre o dia da Sua morte e o da Sua ressurreição. Paulo fala que fomos vivificados juntamente com Cristo (Ef 2.5). Isso nos leva a entender que, para nos dar a vida, foi usada a mesma capacidade que o homem perdera na queda de Adão. Agora, somos tão vivificados quanto Jesus e com o mesmo propósito.

Antes de Jesus ter sido vivificado, estando separado de Deus por ter Se tornado pecado em nosso lugar, foi diretamente ao reino do diabo, que, com seus demônios, comemorava o fato de o Filho de Deus estar em suas mãos. Lá, o Mestre lutou com Satanás, tirando dele a autoridade roubada do ser humano. Jesus o retirou do trono de maldade com que dominava a humanidade.

Outra grande vitória que ocorreu na ressurreição de Jesus foi que a humanidade ressuscitou com Ele. Não há como negar que essas afirmações nos fazem sentir mais do que amados pelo Senhor e fortificados para toda boa obra. Agora, não temos de suplicar por ajuda, mas tomar uma nova e abençoada atitude, jogando por terra tudo o que era do maligno. Em Cristo, somos mais do que vencedores (Rm 8.37).

Após nos ter vivificado e ressuscitado com Cristo, o Pai nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo (Ef 1.3). A partir de então, voltamos a ter condições de andar com Deus e cumprir as Suas ordens. Desperdiçamos tempo e poder quando não sabemos que somos capazes de ser ministros do Novo Testamento, levando outros ao novo nascimento, o qual inclui o fim do reinado do pecado sobre eles.

A benignidade de Deus para conosco é grande, pois Ele não nos olhou como dominados pelo pecado, e sim como as novas criaturas que Ele faria em Jesus. Agora, é questão de ouvir e querer para comer o melhor desta terra (Is 1.19). Não há por que viver longe do Senhor se há poder nEle para enfrentar as forças das trevas e as adversidades da vida, as quais levam o homem ao sofrimento.

A nova fase do homem começou na obra de recriação, feita por  Jesus na cruz, e continua nos dias atuais, nos desafios que surgem durante a obra divina. É hora de colaborar com o Altíssimo, para que, nos séculos vindouros, Ele mostre que estava certo quando enviou Seu filho para nos resgatar. Valeu a pena!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor! É bom sabermos a razão de teres enviado Teu Filho para morrer em nosso lugar, destruir as obras do diabo e nos fazer Teus filhos. Fizeste por nós o que não merecíamos, e, agora, somos agradecidos a Ti.

Que Tu possas mostrar no futuro as riquezas da Tua graça, pois nos remiste do pecado. Estávamos mortos, mas Tu nos vivificaste, dando-nos a vida quando a davas a Cristo. É gratificante aprender isso. Agora, podemos viver para Te servir.

Com a Tua benignidade, desfrutamos das abundantes e boas riquezas da Tua graça. Porém, sabemos que isso é o início do que devemos conhecer para termos uma vida cheia de alegria, misericórdia e poder. A Ti seja toda a glória!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

A PAZ DO SENHOR.... MINHA DUVIDA É SOBRE O USO DE BRINCOS TENHO MUITA VONTADE DE USÁ-LOS,PORÉM A MINHA IGREJA PROÍBE,MAS É A FAVOR DE CASAMENTO DE DIVORCIADO COM A ESPOSA...

Minha irmã, nossa regra de conduta tem de ser a Bíblia, que diz que devemos nos sujeitar aos líderes da igreja (Hb 13.17). Agora, você pode conversar com seu pastor e expor...

»VEJA MAIS