ongrace.com

> Mensagem de Hoje

28/04/2019 - AINDA QUE ELE ME MATE

  • Envie por Email
  • Imprimir
Ainda que ele me mate, nele esperarei; contudo, os meus caminhos defenderei diante dele. Jó 13.15


Jó viveu no início das revelações de Deus para o homem e demonstrou ser conhecedor da Palavra. É evidente que ele não sabia tanto quanto nos é apresentado hoje; era responsável somente pelo que lhe fora ensinado. Embora andasse irrepreensivelmente diante do Senhor, Jó questionou o fato de ter sido tocado, tendo perdido filhos e bens, e ficado doente. Na verdade, ele achava que o autor desses males tivesse sido o Altíssimo.

Por que Jó achou que o Senhor o afligira? Ora, como a revelação ainda não era completa, ele não possuía informações de que o diabo é o autor das coisas ruins. Mas, mesmo assim, o servo de Deus não entregou os pontos. Não importa o quanto você conheça a Verdade; o seu pouco de conhecimento é suficiente para lhe dar as direções certas em todos os assuntos. Seja prudente e jamais fale além do que Deus diz.

Ao se deparar com sérias perdas, o temor de Jó de pecar o levou a declarar que, ainda que Deus o matasse, ele esperaria nEle. É triste quando não conhecemos a verdade e falamos o que vem à nossa mente. Assim, talvez estejamos pecando de modo grave. É preciso conhecer a Palavra do Senhor e não se envolver em coisas das quais você nada entende.

Quem confia no Altíssimo sempre acredita na ajuda dEle. Embora enfrentando graves dificuldades, essa pessoa sabe que Ele é amor e, por isso, nunca lhe virará as costas, tampouco aos Seus filhos. A frase “Deus é amor” é 100% certa (1 Jo 4.8,16). Ora, Ele cumprirá Suas promessas na vida de quem as reivindicar. Ele é fiel!

Mesmo diante da catástrofe que o abateu, Jó não aceitou a sugestão de sua esposa; caso contrário, teria morrido e partido para a perdição. Jamais descreia do Senhor. Caso Ele não esteja realizando o prometido, será por causa de algo errado em sua vida. Talvez, você não tenha o entendimento necessário para que Ele opere em seu favor. Creia e aguarde!

O patriarca disse que defenderia os seus caminhos diante do Altíssimo, o que parecia ser o ideal, porém isso não mudaria a situação. Veja o caso de Ezequias, o rei de Judá. Ele orou a Deus após ser informado pelo profeta Isaías de que morreria. Em seu clamor, disse que não havia nada de errado nele, mas, depois disso, chorou muitíssimo (Is 38.1-3). Isso significa que Deus o fez reconhecer seu erro. Então, Ezequias se arrependeu. Ore e confie! 

É certo “defender” seus caminhos, mas, ao fazê-lo, aguarde a revelação da verdade. Ficar calado diante do Altíssimo não o levará a lugar algum. Abra o coração e se porte como alguém interessado em saber o que se passa em seu interior, ao não ser atendido pelo Senhor. Com certeza, a direção segura virá, porque Deus o ama!

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Senhor que nos dá vida! Tu sempre nos mostrarás a verdade, quando a buscarmos em Ti. A razão é que queremos conhecê-la, porque, certamente, o erro não está em Ti. Fala conosco!

Jó se perguntava e, depois, aprendeu que o seu erro era o medo de que Tu o deixasses sem proteção. Do mesmo modo, provavelmente, não temos percebido a nossa falha; então, mostra-nos.

Tu és Deus da vida e não da morte. Quem mata é Satanás, mas Tu nos dás vida com abundância. Esperamos em Ti para a virada necessária com a Palavra certa e o poder para nos livrar das coisas más! Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

Missionário, diz na bíblia que quem tem entendimento calcule o número da besta, em seguida é dito que o número é 666 eu relamente não entendi. Obrigado e que Deus lhe...

Seis é número de homem, pois foi no sexto dia que ele foi criado, à imagem e semelhança do Criador (cujo número simbólico é 7). Como Deus é trino, o inimigo tentará ao...

»VEJA MAIS