ongrace.com

> Mensagem de Hoje

17/08/2015 - AMOR INFINDÁVEL

  • Envie por Email
  • Imprimir
Porque as montanhas se desviarão e os outeiros tremerão; mas a minha benignidade não se desviará de ti, e o concerto da minha paz não mudará, diz o SENHOR, que se compadece de ti.  Isaías 54.10

Ouça a mensagem

Duas coisas importantes são prometidas pelo Senhor em prol do nosso bem-estar: a Sua bondade esperançosa, a qual jamais se desviará daquele que coloca nEle a confiança, e o Concerto da Sua paz. Isso não mudará. Ainda que coisas fenomenais, mas consideradas improváveis, aconteçam em todas as partes e, principalmente, na natureza, como o fato de as montanhas se moverem e os outeiros tremerem, Ele nos garante essas bênçãos. Deus continuará firme no cumprimento de Suas promessas.

Quando Ele coloca a atenção sobre uma vida, essa pessoa pode estar certa de que o plano dEle para ela é grande e lindo. Por isso, jamais deve acreditar que o Senhor desistiu de operar o que prometeu, ou mudou de planos. Ao contrário, Ele nunca desistirá de fazer o necessário para que os que confiam nEle estejam bem longe do alcance do poder maligno. Deus é fiel!

A Nova Aliança feita pelo Altíssimo com o homem, por meio do sangue de Cristo, era tudo de que precisávamos para sermos realizados em todos os sentidos. Ela inclui o perdão dos nossos pecados, a cura de nossas enfermidades, bem como a promessa de fazer tudo o que determinarmos. Lógico que esse “tudo” é somente o que está prometido nas Escrituras. Por isso, jamais dê crédito a qualquer doutrina que diminua ou acrescente algo à Palavra.

Talvez chegue o dia em que muitas pessoas dirão que o Altíssimo não as protege mais ou não fala com elas, e, por isso, a melhor coisa a fazer é abandoná-Lo e buscar ajuda em outra fonte. Se isso ocorrer com você, dê um passo à frente e repreenda o inimigo, pois é sinal de que ele está tomando o controle da sua vida. Não recue da sua posição em Cristo, porque Ele é o único Senhor.

Se alguma coisa ruim lhe acontecer, não diga que o Todo-Poderoso não pôde guardá-lo. As Escrituras advertem que a maldição sem causa não se cumpre (Pv 26.2). O maligno sempre se esforçará para tocar em você. Agora, ele só conseguirá atingi-lo se você der crédito às mentiras dele. Ainda que tudo ateste que a culpa é do Onipotente, confie em Quem é verdadeiro e fiel.

O Altíssimo declara que o Concerto da Sua paz – a Aliança que Ele fez com o homem no sangue de Seu Filho – é inalterável. Creia em todas as promessas da Bíblia, pois, em você, elas têm o “endereço” de suas operações. Quem crê jamais é envergonhado. Se algo negativo lhe sucedeu, foi porque você deixou brechas; porém, saiba que, ao sair da crise, você estará fortalecido.

Deus Se compadece de quem coloca a fé nEle. Por mais difícil que a situação pareça, fique firme no que Ele lhe tem falado pela Palavra, pois o Senhor é fiel Cumpridor de Suas promessas. Amém? Mude a sua vida a partir deste momento.

Em Cristo, com amor,

R. R. Soares

 

 

Deus de Aliança! Teu amor infindável por nós Te fez enviar Jesus para nos substituir no Calvário, dando-nos vida e religando-nos a Ti. Por teres tomado tal decisão, agora podemos Te amar!

Não há como tirares de nós a Tua benignidade, a Tua esperança bondosa e a Tua arte de fazer o bem. Por isso, podemos nos colocar diante de Ti e assumir o que por direito é nosso, sem nunca esmorecer nem desistir do bom combate. 

O Concerto da Tua paz com o homem nunca mudará. Sem ele, não temos um “chão” para colocar a nossa fé, mas, como ele é imutável, podemos levantar a cabeça, confessar nossos pecados e obter o perdão. Agora, perdoa-nos e restaura-nos! Amém!

> Receba em seu e-mail

 

> Pedido de oração

Pedido de oração

> Missionário Responde

missionario,sou evangelica e consagrei meus filhos ao senhor jesus,e fui cobrada por parentes,eles disseram que não foi com água,e tenho certesa que fiz certo,porque jesus...

Não se preocupe com as cobranças dos parentes, eles querem apenas o melhor para as crianças, mas não conhecem a Palavra. Vivem de tradições e uma delas diz que a criança...

»VEJA MAIS